Espírito Santo

Competitividade do ES será tema de reunião com Casagrande nesta quarta (12)

COMPARTILHE
133
Advertisement
Advertisement

O CLP – Liderança Pública se reúne nesta quarta-feira (12), em Vitória, com o governador Renato Casagrande, para apresentar um diagnóstico completo do estado em relação aos dez pilares do Ranking de Competitividade 2019. A vice-governadora Jaqueline Moraes e os secretários de todas as pastas também participam do encontro.

Indicadores do Ensino Médio capixaba avançam e são os melhores dos últimos quatro anos

Os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica do Espírito Santo (Idebes) 2019...

Governo do ES lança cursos para motoristas profissionais por meio do CNH Social

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), apresenta, nesta quarta-feira (19), às...

TJES é obrigado a pagar auxílio-alimentação a PMs cedidos ao Judiciário no mesmo valor pago aos servidores da Justiça

Por cinco votos a dois, o Ministério Público de Contas do Espírito Santo (MPC-ES)...

O Espírito Santo foi o 6º estado mais competitivo do país em 2019, ficando duas posições acima de sua performance na edição do Ranking de 2018, quando ocupava a 8ª colocação. O encontro vai detalhar os indicadores de cada um dos pilares que compõem o Ranking, com o objetivo de oferecer as autoridades estaduais um claro diagnóstico dos destaques e desafios do estado em diferentes áreas.

Organizado anualmente pelo CLP – Liderança Pública em parceria com a The Economist Intelligence Unit e a Tendências Consultoria Integrada, o Ranking de Competitividade é uma das principais ferramentas de avaliação da gestão pública do Brasil e busca pautar a atuação de líderes públicos na melhoria da competitividade dos seus estados.

Advertisement
Continua depois da publicidade

São 70 indicadores distribuídos em dez pilares: Sustentabilidade Ambiental, Capital Humano, Educação, Eficiência da Máquina Pública, Infraestrutura, Inovação, Potencial de Mercado, Solidez Fiscal, Segurança Pública e Sustentabilidade Social.

De acordo com o Ranking de Competitividade, dos 26 Estados brasileiros (além do Distrito Federal), 16 apresentaram piora nas contas públicas ou mantiveram uma situação fiscal frágil. Por outro lado, o Espírito Santo conquistou o segundo lugar no ranking geral no quesito Solidez Fiscal, com destaque para o Gasto com Pessoal.

A unidade federativa também registrou grande evolução nos pilares de Sustentabilidade Ambiental, Infraestrutura, Segurança Pública e Potencial de Mercado. Em Infraestrutura, ES saiu da 16ª posição para a 8ª; já em Segurança Pública subiu 5 posições alcançando a 10ª posição e, por fim, em Potencial de Mercado o estado ganhou 12 posições, chegando ao 12° lugar.

Por outro lado, para conseguir integrar o grupo dos cinco estados mais bem avaliados e atrair mais investimentos, o estado precisa melhorar em alguns pilares como Capital Humano e Inovação.

Advertisement

No primeiro, que mede Custo de Mão de Obra, Pessoas Economicamente Ativas com Ensino Superior, Produtividade do Trabalho e Qualificação dos Trabalhadores, o Espírito Santo teve uma queda acentuada de 7 posições. Já no segundo, o estado ocupa a 24ª posição, apresentando baixo número de empreendimentos inovadores, como aceleradoras e incubadoras, além de baixo investimento em P&D.

Dessa forma, o grande foco de debate será apresentar um diagnóstico geral e sugerir possibilidades de melhorias para o estado, tendo como objetivo  a entrega de serviços públicos de qualidade para a população.

Confira aqui mais informações sobre o Ranking de Competitividade dos Estados 2019.

Sobre o CLP

O CLP – Liderança Pública é uma organização sem fins lucrativos e suprapartidária que há dez anos trabalha para tornar o Brasil um país mais democrático e que ofereça uma vida digna aos seus cidadãos. Desenvolvemos pessoas para que se tornem líderes públicos e atuamos para mobilizar a sociedade e o poder público na defesa de causas que fortaleçam a democracia e melhorem o funcionamento do Estado brasileiro.

Advertisement