Cidades

Cachoeiro: após prejuízo de R$ 1,6 milhão com enchente, atendimento no Hospital Evangélico é normalizado

COMPARTILHE
355
Advertisement
Advertisement

Em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (12), a diretoria do Hospital Evangélico (HECI) detalhou os prejuízos e ações adotadas para normalizar o atendimento na instituição, que teve prejuízo de aproximadamente R$ 1,6 milhão por conta da enchente do mês passado.

Anchieta é a terceira cidade com maior investimento per capita no Estado

Quando o assunto é investimento, Anchieta é destaque. Em 2019, a cidade ficou em...

Farmácia Municipal de Cachoeiro orienta sobre dispensação de cloroquina

A Farmácia Municipal disponibilizou em sua página no portal da Prefeitura de Cachoeiro as...

Capixaba será indenizado em R$ 5 mil após ter sido caluniado por ex de sua esposa 

​Um homem que alegou ter sofrido danos morais em virtude de calúnia feita pelo...

De acordo com o superintendente HECI, Wagner Medeiros, no almoxarifado localizado no bairro Arariguaba, que foi afetado pela enchente, havia R$ 1.219 milhão em medicamentos e materiais hospitalares. Deste montante, R$ 295 foram salvos, restando o prejuízo de R$ 924 mil. Em relação aos equipamentos, foram perdidos R$ 180 mil e será necessário desembolsar R$ 40 mil para reparos na estrutura do imóvel.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Em relação ao prejuízo nos atendimentos que deixaram de ser prestados, o montante é de R$ 452 mil. Somados todos os prejuízos levantados por nossa equipe, chegamos a R$ 1.595.686,84. Fizemos uma campanha e recebemos em doações R$ 320 mil. O Governo do Estado também nos prometeu ajuda. Hospitais de várias cidades também nos ajudaram emprestando materiais hospitalares, essa ajuda foi muito importante”, explicou Medeiros.

O médico Bruno Resende explica que aproximadamente 70 cirurgias eletivas previstas para a semana posterior a enchente foram suspensas por conta da falta de materiais e serão reagendada para os próximos dias. “Nosso atendimento foi normalizado na última segunda-feira (10) e nossos cirurgiões estão empenhados para atender esses pacientes que terão suas cirurgias remarcadas. Acreditamos que todos serão atendidos em no máximo 60 dias”.

O Hospital Evangélico vai recorrer a um empréstimo de R$ 12,5 milhões para cobrir parte dos prejuízos causados pela enchente e para investimento em outros setores da instituição.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.