Política Nacional

Após dois dias internado, Olavo de Carvalho recebe alta do hospital

COMPARTILHE
26
Advertisement
Advertisement

O guru bolsonarista Olavo de Carvalho informou neste sábado, 22, que recebeu alta do hospital após dois dias internados. O escritor foi hospitalizado nos Estados Unidos por causa de uma crise respiratória e precisou ser entubado. Pelo Twitter, Olavo disse que já estava em casa e agradeceu as mensagens dos seguidores.

Bolsonaro reitera uso da cloroquina e diz que indicaria medicamento para a mãe

O presidente Jair Bolsonaro disse, apesar de reconhecer "não ser médico", que indicaria o...

Mandetta rebate Doria, defende Bolsonaro e diz que ninguém é dono da verdade

Ao defender um "posicionamento técnico" sobre a adoção da cloroquina no combate ao novo...

Mandetta diz que presidente passou orientações em reuniões com 'bom' clima

Em sinal de alinhamento, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reforçou nesta quarta-feira,...

“Obrigadão pelos bons votos e preces, que sem dúvida funcionaram. Já estou em casa, bem recuperado, depois de uma crise respiratória que sobrou da minha cirurgia de dois anos atrás”, escreveu.

A complicação, segundo ele, foi decorrente de uma cirurgia para retirar um cisto na traqueia em 2018. “Naquela ocasião, fiquei um mês no hospital, com um corte de meio metro nas costas, removendo um tumor de nascença, que ao completar setenta anos de idade decidiu me matar. Agora foram só dois dias, e tudo deu certo, graças a Deus. Vocês são uns anjos”, escreveu.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Nesta sexta-feira, um perfil no Instagram feito em homenagem ao escritor postou uma foto dele sobre a cama do hospital ao lado da mulher, Roxane Carvalho. O perfil do presidente Jair Bolsonaro comentou a publicação com ‘emoticons’ com sinal positivo. A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) também pediu orações pela recuperação de Olavo.

O escritor, que mora nos Estados Unidos e dá cursos de filosofia pela internet, teve forte influência sobre o presidente e filhos com suas ideias conservadoras. Seus seguidores no governo foram apelidados de “olavistas” e compõem a ala ideológica e mais radical, que disputa com a ala militar o poder de influência sobre o presidente.

Marlla Sabino
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Advertisement