Economia

Greve pode gerar dano à Petrobras de R$ 55,9 mi com horas extras e temporários

COMPARTILHE
12
Advertisement
Advertisement

Os danos gerados a Petrobras pela greve dos petroleiros referentes a pagamento de horas extras e de salários de trabalhadores temporários é estimada em R$ 55,9 milhões. A informação consta do acordo assinado nesta sexta-feira (21) entre a estatal e representantes de sindicatos que pôs fim à greve iniciada no dia 1º de fevereiro.

Lucro líquido da Eletrobras cai 20% e atinge R$ 10,744 bi em 2019

A Eletrobras registrou um lucro líquido de R$ 3,12 bilhões no período entre outubro...

Senado vota socorro de R$ 600 a informais na 2ª-feira

A concessão de um auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais será votada...

Bolsas de NY fecham em queda apesar de aprovação de pacote de estímulo econômico

As bolsas de Nova York fecharam em queda, mas reduziram perdas próximo ao horário...

O valor chega perto do total de multas impostas aos sindicatos em função da paralisação, fechado em R$ 58,8 milhões. A estatal, no entanto, receberá apenas 4,2% desse montante – R$ 2,47 milhões -, segundo a negociação realizada hoje no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Por outro lado, o combinado é que a Petrobras poderá descontar dos trabalhadores metade dos dias parados. Já a outra metade será compensada através de bancos de horas no prazo máximo de 180 dias. Não haverá punições por participação pacífica na greve.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Amanda Pupo
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Advertisement