Geral

Brasileiros resgatados da China passam por exames e seguem sem sintomas de contaminação

COMPARTILHE
Divulgação Agência Brasil
189
Advertisement
Advertisement

O grupo de 58 brasileiros que retornou da China e está hospedado na base aérea de Anápolis, em Goiás, já passou por todas as avaliações clínicas protocolares previstas pelo Ministério da Saúde e continua sem apresentar sintomas de contaminação pelo coronavírus. A informação foi divulgada no fim da tarde deste domingo, 9, pelo Ministério da Defesa.

Justiça dá aval para cidade rebaixada permanecer na fase laranja em SP

Contrariando entendimento predominante nos tribunais, a Justiça autorizou a prefeitura de São Roque, no...

Capital tem menor média de óbitos desde maio; Doria vê Estado perto de 'platô'

A cidade de São Paulo retrocedeu em número de mortes pelo coronavírus aos níveis...

Maior tempo em casa leva paulistanos a descobrir aves da vizinhança

Quais aves você associaria à cidade de São Paulo? Para algumas pessoas, talvez a...

O grupo é composto pelos brasileiros que estavam em Wuhan, na China, e foram trazidos de volta ao Brasil, além de tripulantes do voo e membros das equipes de saúde e comunicação envolvidos na operação de busca.

Durante o dia, o grupo recebeu as refeições programadas e teve a oportunidade de conhecer as instalações do hotel de trânsito da ala 2 da base aérea que foram reservadas para o período de quarentena que terá duração de 18 dias. O Ministério da Defesa informou ainda que os próximos boletins sobre o estado de saúde do grupo serão publicados diariamente.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Mais cedo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, usou as redes sociais para dar boas-vindas ao grupo. “É muito bom tê-los de volta”, declarou em um vídeo postado no Twitter. Bolsonaro também destacou o trabalho conjunto de Forças Armadas, ministérios das Relações Exteriores e Saúde, Câmara, Senado, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e governo de Goiás na operação para trazer os brasileiros da China.

O governo federal anunciou a decisão final de realizar a operação de busca no domingo passado, 2, após apelo dos brasileiros residentes na China e que estavam no epicentro do surto de coronavírus. Outros países, como Estados Unidos, Inglaterra, França e Japão, também resgataram seus cidadãos.

Circe Bonatelli
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.