Geral

Justiça condena João de Deus a 40 anos de prisão

COMPARTILHE
16
Advertisement
Advertisement

O médium João Teixeira de Faria, conhecido popularmente como João de Deus, foi condenado a 40 anos de reclusão em regime fechado por estupros, cometidos contra cinco mulheres durante atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia. A sentença é da juíza da comarca, Rosângela Rodrigues dos Santos. O processo está em segredo de justiça. Essa é a terceira condenação do acusado, cujas penas já somam 63 anos e quatro meses de reclusão.

Defesa: brasileiros em quarentena em Anápolis seguem sem sintomas de coronavírus

O Ministério da Defesa informou, na tarde deste domingo, 16, que os 58 brasileiros...

Sob chuva, foliões mantêm animação no bloco Acadêmicos do Baixo Augusta

Os dois sentidos da rua da Consolação já concentram foliões que vão acompanhar o...

Roberto Carlos diz que Bolsonaro é “bem intencionado”

O cantor e compositor Roberto Carlos disse em entrevista ao portal UOL que o presidente Jair...

As informações foram divulgadas pelo site do Tribunal de Justiça de Goiás.

Luiz Vassallo
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade