Política Nacional

'Setores do governo testam os limites democráticos' diz presidente da OAB

COMPARTILHE
19
Advertisement
Advertisement

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, afirmou nesta sexta-feira, 17, que os “setores do governo testam há meses os limites democráticos”, “flertam com as ditaduras de hoje e do passado”, e que o secretário de Cultura, Roberto Alvim “ultrapassou todos os limites ao optar pela clara e aberta apologia ideológica do regime nazista”. Em vídeo no que anuncia o Prêmio Nacional das Artes, Alvim, citou textualmente trechos de um discurso do ideólogo nazista Joseph Goebbels.

Exército se junta à mesa de negociações para encerrar greve de PMs no Ceará

O Exército vai acompanhar as negociações do governo do Ceará para tentar colocar fim...

Jornalista do 'Estado' é alvo de ataques nas redes sociais

A jornalista Vera Magalhães, colunista do Estado, é alvo de ataques nas redes sociais...

Witzel: 'bloqueio de diálogo com o Congresso retarda progresso do País'

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), afirmou em nota divulgada nesta quarta-feira, 26,...

A posição foi defendida em nota após a repercussão gerada pela gravação divulgada por Alvim. O presidente da entidade dos advogados indicou ainda que o secretário deveria ser afastado, “sob pena de o governo brasileiro se enquadrar internacionalmente como inimigo da democracia e da civilização”. “Os milhões de cadáveres das vítimas do autoritarismo nos cobram imediata e firme reação”, apontou.

Pepita Ortega e Fausto Macedo
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade