Geral

Urna com cinzas de cadela Lua, que morreu de parada cardíaca após queima de fogos, é entregue à PRF-ES

COMPARTILHE
Foto: Divulgação/PRF
211
Advertisement
Advertisement

Na manhã desta quarta-feira (18), o Superintendente Regional da Polícia Rodoviária Federal no Estado do Espírito Santo, Amarílio Luiz Boni, recebeu de um crematório de Pets as cinzas da cadela farejadora Lua.

Continua depois da publicidade

A cadela policial fazia parte do Grupo de Operações com Cães (GOC) da PRF desde 2016 e morreu de parada cardíaca, em novembro, em razão do stress causado pela queima de fogos de artifícios.

A iniciativa de cremação individual partiu do veterinário responsável pelos cães policiais da PRF no Estado, Dr. Marcos Braun. “A Lua era uma cadela que tínhamos um carinho muito especial. Em respeito a vida e por tudo que ela fez de bom, não gostaria de mandá-la para o descarte biológico”, afirma o veterinário.

O proprietário do crematório de pets no estado, Wesley Bastos de Souza, ficou sensibilizado com a história da cadela e resolveu presentear e homenagear a PRF cremando e entregando os restos do animal à instituição. “Ficamos muito sensibilizados com a história da Lua e resolvemos fazer uma justa homenagem ao cão servidor que prestou bons serviços à comunidade. Que essa história permaneça e fique na lembrança de todos”, finaliza Weslley.

Continua depois da publicidade

Emocionado, o superintendente Amarílio agradeceu o apoio e iniciativa, “Recebam meu agradecimento pela preocupação, zelo e amor pela Lua. A Polícia Rodoviária Federal está extremamente feliz com essa atitude”.

A urna entregue ficará exposta na galeria de heróis da PRF na nova Superintendência Regional do Espírito Santo.

Outro caso na Argentina

Advertisement
Continua depois da publicidade

As festas de fim de ano trazem uma preocupação a mais para quem tem um animalzinho em casa: a queima de fogos. Mais do que gerar estresse, o barulho feito pelos explosivos pode até causar a morte dos pets.

No último sábado (14), uma história comoveu os internautas. A cadela da família Modasjazh morreu após a queima dos fogos na cidade de Chubut, na Argentina. A cadela, uma boxer adulta, perdeu a vida após um ataque cardíaco. Ela estava nos braços do dono quando se foi.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].