Cidades

Projeto de Guaçuí fatura o 1º lugar no Prêmio Boas Práticas promovido pela Amunes

COMPARTILHE
336

A Prefeitura de Guaçuí, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), foi a grande vencedora do Prêmio Boas Práticas “Senador Gerson Camata”, na categoria Cidade para as Pessoas. A premiação aconteceu na última semana, durante o 8º Congresso Gestão das Cidades, no Centro de Convenções de Vila Velha.

Piúma abre processo seletivo com 55 vagas para assistente de creche

A Prefeitura de Piúma está com inscrições abertas para processo seletivo de assistentes de creche....

Pedágio educativo vai alertar sobre proliferação do mosquito da dengue em Anchieta

A Vigilância Ambiental de Anchieta, por meio do Programa de Educação em Saúde e...

Decreto simplificará abertura de empresas em Cachoeiro de Itapemirim

Nesta sexta-feira (6), o prefeito Victor Coelho assinará um decreto com foco na desburocratização...

Dos 283 projetos inscritos, 153 preencheram os requisitos de conformidade e foram analisados pela banca, sendo 24 selecionados como finalistas. A Semmam levou para final dois projetos: Troca Sustentável e Projeto Educacional Mostra de Vídeos Curtas Ambiental, sendo os dois na mesma categoria: Cidades para Pessoas.

Antes do resultado final, o secretário de Meio Ambiente, Roberto Martins, apresentou os projetos coordenados por ele e foi sabatinado por uma banca composta por 16 avaliadores de várias instituições públicas.

Continua depois da publicidade

Guaçuí conseguiu êxito e ficou em primeiro lugar no Projeto Educacional Mostra de Vídeos Curtas Ambiental. No palco, recebendo a premiação da diretoria da Amunes, estavam a prefeita Vera Costa e o secretário de Meio Ambiente, Roberto Martins, com sua equipe.

“Ficamos muito felizes porque conseguimos a proeza de emplacarmos, na final, dois projetos de Guaçuí nesse importante evento que tem o objetivo de reconhecer projetos inovadores que proporcionem benefício perceptível para a sociedade e que possam ser disseminados em outras cidades. A vitória não é de um só grupo, a vitória foi de todos. Temos a certeza do dever cumprido e o bem realizado. O prêmio é o reconhecimento que nos mostra que estamos no caminho certo”, disse Roberto Martins.

Premiação

Ao todo, 12 boas práticas foram escolhidas como as melhores do Espírito Santo. Os vencedores do terceiro e segundo lugar foram premiados com um certificado, já os projetos que ficaram na primeira colocação nas categorias Governança Municipal; Finanças Municipais; Tecnologia e Inovação e Cidade para as Pessoas foram premiados com certificados, R$ 5 mil e uma viagem para conhecerem boas práticas em outros Estados.

Publicidade