Espírito Santo

Prefeitos do Sul do ES comemoram ordem de serviço para melhorias nas estradas do programa “Caminhos do Campo”

COMPARTILHE
Foto: Hélio Filho/Secom
499
Advertisement
Advertisement

Em agenda em Cachoeiro de Itapemirim nesta quinta-feira (5), o governador Renato Casagrande deu ordem de serviço para a tão esperada conserva das estradas do programa “Caminhos do Campo”. A ação do socialista foi comemorada pelos prefeitos da região Sul e Caparaó.

Continua depois da publicidade

O Programa Caminhos do Campo, da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), visa ao desenvolvimento e à melhoria da infraestrutura do meio rural, possibilitando melhor acesso às áreas urbanas e melhor escoamento de produtos agrícolas por meio de pavimentações asfálticas em estradas importantes dos municípios do Estado. Serão realizadas intervenções em 44 trechos de 21 cidades da macrorregião Sul do Estado, com um investimento total de R$ 12.291.00,00.

Cerca de 400 quilômetros de vias em quatro microrregiões do Espírito Santo vão receber as obras de conserva. “Tem estrada que nem existe mais. Nós queremos melhorar esses acessos, é uma região turística, então melhorar aquela ponte e aquele asfalto é importante para todos”, disse Casagrande.

Os municípios beneficiados na macrorregião Sul do Estado são Anchieta, Rio Novo do Sul, Alfredo Chaves, Itapemirim, Iconha, Castelo, Mimoso do Sul, Cachoeiro de Itapemirim, Apiacá, Jerônimo Monteiro, Vargem Alta, Atílio Vivácqua, Muqui, Bom Jesus do Norte, Alegre, Iúna, Ibatiba, Irupi, Muniz freire, Guaçuí, Ibitirama e Dores do Rio Preto.

Continua depois da publicidade

O governador Casagrande destacou a importância dos investimentos em infraestrutura para a região sulina. “A presença do Governo do Estado é fundamental para o desenvolvimento no Sul, mas não só o econômico. Estamos aqui também para oferecer oportunidades de desenvolvimento na saúde, na educação, em todas as áreas que representam desenvolvimento social. Vamos assinar convênios importantes para a comunidade e para quem deseja visitar a região”, afirmou.

O programa Caminhos do Campo, que está em situação precária na maioria das cidades, cujo estado se agravou com as chuvas dos últimos dias, deverá ganhar uma nova cara com as intervenções do Governo do Estado. Essa é uma ação aguardada, segundo os gestores municipais, há quase cinco anos.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“É impressionante ver que em apenas 11 meses o governador licitou e agora vai atender a vários municípios com essa conserva do programa Caminhos do Campo. Estávamos esperando ansiosos por isso, pois nossos municípios estão sofrendo muito com tanta falta de atenção na zona rural, e agora o Estado vai sanar todos esses problemas”, Fabrício Thebaldi, prefeito de Apiacá.

“Sem esse trabalho de conserva fica muito difícil para o tráfego nas comunidades e a Prefeitura não dá conta de atender a todos. Nós só temos que a agradecer ao Governo do Estado por essa parceria para melhorar nossas estradas, principalmente nessa época de chuvas. Na nossa cidade são 700 quilômetros de estradas asfaltadas ou de terra e essa ajuda chega em boa hora”, Christiano Spadetto, prefeito de Conceição do Castelo.

“Para nós é muito importante esta ação do Governo do Estado, pois estamos sofrendo com essas chuvas e com os buracos na pista. A população há tempos clama por essas melhorias. Esperamos que as obras comecem o mais rápido possível. Nossa cidade, até o momento, foi contemplada com uma estrada do Caminhos do Campo”, Edmilson Meireles, prefeito de Irupi.

“Recebemos a notícia das melhorias em nossa cidade com grande satisfação, tendo em vista que essa é uma necessidade recorrente, para trazer segurança em nossas rodovias que são importantes para fazer o escoamento das produções agrícolas e é um vetor importante para o turismo, principalmente na região do Caparaó. Hoje, nós temos quatro estradas do Caminhos do Campo em Iúna e todas estão em péssimo estado de conservação. Nós, dentro das limitações, fazemos os reparos, mas não é o suficiente, pois acabamos invadindo uma esfera que compete a Seag”, Coronel Weliton, prefeito de Iúna.

“Vemos essa ordem de serviço dada pelo Estado com muita esperança, pois o Caminhos do Campo de Alegre foi um dos primeiros a serem feitos e, desde então, nunca teve manutenção. Já por duas ou três vezes tentaram fazer a manutenção, mas não conseguiram. Por várias vezes estive em Vitória pedindo essa manutenção e agora a gente fica com muita alegria, pois ela vai acontecer. Nós temos apenas uma estrada dentro do programa, que liga Alegre a Araraí, num trecho de 14 quilômetros”, José Guilherme, prefeito de Alegre.

“É muito importante para Guaçuí esse trabalho de manutenção das estradas, pois temos o transporte escolar que passa por essas vias e temos o escoamento das produções agrícolas. Já há algum tempo que não é feita a manutenção nessas estradas. Essa é uma demanda da população que sempre tem chegado até a gente. Tenho que agradecer ao governador por licitar esse serviço tão importante para Guaçuí e região”, Vera Costa, prefeita de Guaçuí.

“Não se faz turismo, não se desenvolve uma região sem estradas. Infelizmente essas estradas do Caminhos do Campo já há alguns anos não recebem manutenção e a conservação está péssima, há buracos por todos os lados, há casos de moradores, que em forma de protesto, plantaram bananeiras nos buracos, é uma situação de caos. É muito importante que o Governo do Estado dê a ordem de serviço e comece as obras e que não fique só na ordem de serviço e leve mais um ano para começar com as melhorias”, Ninho, prefeito de Dores do Rio Preto.

“A gente está há cinco anos sofrendo com as estradas ruins, os turistas vão embora e deixam de vir em nossa cidade. Com essa obra, que está sendo dada a ordem de serviço, nossas cachoeiras, restaurante e pousadas vão voltar a ficar lotados. Hoje são três estradas em nossa cidade que precisam de manutenção e essa ação é de grande importância para a região do Caparaó”, Reginaldo Simão, prefeito de Ibitirama.

“Tem muitos anos que nossas estradas não recebem manutenção por parte do Estado. Nós estávamos fazendo esse serviço paliativo e, agora, com a ordem de serviço temos a certeza que as condições de nossas vias vão melhorar, beneficiando as nossas comunidades. Só temos a agradecer ao governador!”, Sérgio Fonseca, prefeito de Jerônimo Monteiro.

“Essa ação do Governo do Estado é muito importante para Castelo, pois somos uma cidade que onde você vai tem morro e, com isso, temos que gastar muito dinheiro com saibro para deixar nossas estradas em boas condições”, Domingos Fracaroli, prefeito de Castelo.

“Essa conserva é importantíssima para as nossas estradas, pois vai melhorar o deslocamento e o escoamento dos nossos produtos agrícolas. O Caminhos do Campo é um projeto que começou na gestão passado e é inovador, que contribui muito para o avanço da agricultura no Espírito Santo e em especial a nossa região Sul/Caparaó, melhorando ainda mais o nosso turismo”, Marquinhos Messias, prefeito de Bom Jesus do Norte.

“As estradas do Caminhos do Campo estão há muito tempo sem manutenção, elas se deterioraram, e as melhorias são importantes para todos os municípios, de tal maneira que essa é uma obra de logística super significativa, que vai melhorar em muito o acesso as comunidades que são assistidas por esse programa. Essa ação preserva os prefeitos, que tiveram, até então, que fazer essa manutenção de forma muito precária. Esse é um gol de placa que o governador Renato Casagrande marca atendendo mais uma vez a demanda da população rural”, deputado estadual Emílio Mameri.

Convênios com Cachoeiro

Por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), foram assinados dois termos de compromisso com a Prefeitura de Cachoeiro, totalizando R$ 17.309.173,70. A nova pavimentação vai beneficiar as ruas dos bairros Vila Rica, Alto Monte Cristo, IBC, Ibitiquara, Novo Parque, Waldir Furtado Amorim, Aeroporto, Rui Pinto Bandeira, Santo Antônio e Jardim Itapemirim. Serão mais de 125 metros quadrados de pavimentação no trecho de 14.643,50 metros de extensão, 31.972,52 metros de recuperação de meio-fio e 5857,40 metros quadrados de sinalização horizontal.

Já a nova ponte vai permitir o acesso à Usina São Miguel, no distrito de São Vicente. Com 54 metros de extensão e 10 metros de largura, a obra terá investimento de R$ 3.892.087,73.

O prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, comemorou os convênios e os classificou como presente de final de anos.

“Há muito tempo estávamos esperando por esse momento, não imaginava que chegando no final do ano, depois do meu aniversário (comemorado no último dia 2) o senhor viria aqui nos presentear com esses convênios na ordem de quase R$ 18 milhões. São investimentos muito importantes. Podemos chamá-lo de José Renato Noel Casagrande, é desta forma que temos que lhe chamar depois desse grande presente de fim de ano”, agradeceu Victor Coelho ao governador.

Outras entregas

Foram entregues ainda um caminhão carroceria de madeira, uma retroescavadeira, uma pá carregadeira, uma motoniveladora, um caminhão bitruck c/ baú refrigerado, um rolo compactador, um secador de café de 100 sacos e um caminhão truck com caçamba basculante. O investimento total em maquinário é de R$ 2.469.866,55, incluindo recursos do Estado e de emendas parlamentares.

As máquinas, veículos e equipamentos aumentam a produtividade da mão de obra no campo, melhoram a qualidade dos produtos agropecuários e possibilitam o acesso a novos mercados, na medida em que também trazem ganhos à competitividade dos produtores. Os equipamentos agrícolas entregues ajudarão as prefeituras de Mimoso do Sul, Iconha, Conceição do Castelo, Alfredo Chaves, Anchieta e Castelo a suprirem as demandas regionais das suas cidades, beneficiando os moradores e trabalhadores dos distritos e bairros.

Reabilitação

O governador cumpriu outras agendas em Cachoeiro. Casagrande participou da solenidade de inauguração do Centro Especializado em Reabilitação (CER) de Cachoeiro, que atende mais de 400 pessoas desde agosto deste ano. O espaço conta com o trabalho de 20 profissionais entre psicólogos, fisioterapeutas e outros trabalhadores das saúde e administração. Ele foi recebido por membros e atendidos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.