Agronegócio Regional

Pioneirismo: pecuaristas de Itapemirim ganharão vacas embrionadas para produção de leite

COMPARTILHE
272
Advertisement
Advertisement

A Prefeitura Municipal de Itapemirim inova mais uma vez e lançará no próximo dia 18, um projeto inédito no país. Trata-se do Projeto “MGA” (Melhoramento Genético Avançado), que tem por objetivo distribuir, de graça, até duas vacas embrionadas aos pecuaristas itapemirinenses cadastrados no Programa de Distribuição Gratuita de Ração Farelada.

Casagrande anuncia diferimento do ICMS nas importações de milho para produtores capixabas

O Governo do Estado anunciou, nesta quarta-feira (3), a concessão do diferimento do ICMS...

Saiba como o modo de coar o café pode estar prejudicando sua saúde

Os primeiros pés de café foram plantados no Brasil em 1727 vindos da Guiana...

“Póde Mulheres”: elas protagonizam no agro capixaba

A mulherada protagoniza duas iniciativas empreendedoras no agro capixaba. Em Muqui, o Núcleo Feminino...

As vacas são produtoras exclusivas do leite A2A2, primeiro naturalmente de fácil digestão no Brasil.

Segundo o prefeito de Itapemirim, Thiago Peçanha Lopes, o Projeto “MGA” significa um avanço em mais de 20 anos de tecnologia no Brasil e, convida todos os pecuaristas a comparecerem no Parque de Exposições “Dr. Ayrton de Moreno”, a partir das 17h, para o lançamento do programa. “É um momento ímpar na história do nosso município e estamos muito felizes em comemorar esta conquista inédita. Convido a todos os produtores de leite a estarem conosco e celebrarmos esse momento tão promissor em Itapemirim”, convida Peçanha.

Advertisement
Continua depois da publicidade

De acordo com o secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Luciano Henriques, todos os produtores de leite de Itapemirim receberão, gratuitamente, até duas novilhas gestantes de embriões femininos contendo o gene A2A2. Estão aptos a receberem as vacas prenhes, os pecuaristas ativos no programa mencionado, há, no mínimo, dois meses.

Qualidade

Além de inúmeras outras vantagens em relação à qualidade do leite A2A2, destaca-se o maior valor agregado ao produto, pois foi testado e comprovado que pessoas com intolerância à lactose podem consumi-lo sem causar danos à saúde. Este leite é proveniente somente de vacas que produzem naturalmente apenas a proteína A2, o que faz toda diferença.

Serão entregues novilhas gestantes a todos os 335 produtores de leite de Itapemirim, porém, no dia 18 será a primeira etapa de apresentação do projeto, que sorteará o direito de os produtores serem contemplados com um animal, entre os pecuaristas presentes, independente da localidade ou região de Itapemirim.

Advertisement

Este sorteio será em número limitado e de forma aleatória, podendo concorrer, produtores presentes ao lançamento. O primeiro produtor sorteado receberá o animal número 001 e assim sucessivamente. Ao pecuarista premiado não caberá o direito de escolha da novilha.

As novilhas que serão entregues aos pecuaristas são da raça girolando, em bom estado clínico de saúde e exames contra brucelose e tuberculose.  “O objetivo da administração pública é oferecer animais de melhor qualidade genética e possibilitar qualidade de vida aos produtores de leite de nosso município”, ressalta o secretário Luciano.

De acordo com Josiel de Oliveira Brandão, representante da empresa vencedora do certame, a partir do nascimento destas bezerras, que por sua vez, terão outros filhotes, é esperada a produção de 7 mil litros de leite/dia a mais do que a produtividade atual, o que simbolizarão 240 mil litros do produto, a mais, mensalmente.

Técnicos da secretaria de Agricultura realizarão palestras e cursos relacionados à pecuária leiteira, bem como, após o recebimento do animal, visitarão, periodicamente, os produtores beneficiados, para fiscalizar o benefício recebido. O produtor que descumprir os requisitos será notificado e, havendo reincidência, poderá sofrer sanções.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.