Cidades

Controladoria de Guaçuí anuncia mudanças na Ouvidoria Eletrônica

COMPARTILHE
46
Advertisement
Advertisement

A partir do dia 1º de janeiro de 2020, a Ouvidoria Eletrónica (e-Ouv), da Prefeitura de Guaçuí, gerida pela Controladoria Geral do Município, passa a funcionar com modificações que visam reduzir o tempo de atendimento ao cidadão. O link do e-Ouv pode ser encontrado no site da Prefeitura, no topo da página, onde a pessoa pode fazer denúncias, reclamações e também elogios.

Continua depois da publicidade

Segundo o controlador geral do município, Weriton Soroldoni, com as mudanças, a ferramenta vai facilitar a navegação e uma interação maior com o cidadão. “Vai ficar mais intuitivo, mais fácil de mexer, além de rápido, para a pessoa registrar sua demanda”, afirma. Ele explica que o novo e-Ouv vai funcionar em período de teste do dia 1º até o dia 14 e, a partir do dia 15, passará a atender oficialmente.

Soroldoni dá como exemplo de reclamação uma lâmpada queimada na rua. “Basta a pessoa fazer uma foto e, por meio do SMS ou do aplicativo Telegram, enviar a imagem, para que seja encaminhado à secretaria responsável (neste caso, a Secretaria de Obras)”, explica, destacando que o próprio sistema já vai dar a opção para marcar a localização do problema de forma automática, o que também agiliza o processo. No que diz respeito ao Telegram, o cidadão terá que atualizar ou fazer um novo perfil. “Depois de enviada a demanda, a pessoa será informada do andamento, em cada fase do processo”, completa o controlador.

Weriton Soroldoni acrescenta que as denúncias anônimas continuarão a não ter seus autores identificados. Por isso, neste caso, será gerado um código de acesso, para que o requerente possa acompanhar o andamento da solicitação em tempo integral, mesmo antes da conclusão. “Além disso, na área de saúde, haverá um link específico, ou seja, um e-Ouv SUS”, esclarece.

Continua depois da publicidade

Números

Conforme informações da Controladoria Geral do Município de Guaçuí, no ano de 2019, até o dia 23 de dezembro, haviam sido registradas 244 manifestações de cidadãos que acessaram o e-Ouv – ainda no sistema que vai ser desativado, para o início do novo. Deste total, 235 foram respondidas, sendo 100% dentro do prazo especificado. Logo, nove manifestações ainda estavam em andamento, mas não há nenhuma arquivada ou enviada para algum órgão externo.

 

Advertisement
Continua depois da publicidade

 

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].