Cidades

Conceição do Castelo se destaca e ganha 4 prêmios no programa Agrinho 2019

COMPARTILHE
346
Advertisement
Advertisement

Mais uma vez o município de Conceição do Castelo foi destaque no programa Agrinho, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (SENAR-ES), em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (FAES).

Barragem em Alegre passará por nova avaliação nesta segunda (27), diz companhia

A Statkraft, empresa que gerencia a barragem PCH Francisco Gros, localizada no município de...

Recorde triste: Alfredo Chaves é a cidade onde mais choveu no país, em 24 horas, em janeiro

Alfredo Chaves foi o município brasileiro com maior volume de chuva em 24 horas...

Em novo aviso, Inpe alerta para fortes chuvas em 11 cidades do Sul do ES 

Em novo aviso, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) alertou para chuvas intensas...

O município faturou quatro premiações no programa que completou 15 anos de atuação no Espírito Santo. A solenidade de entrega aconteceu durante uma festa na quarta-feira (4), no Sesc de Aracruz.

Os prêmios foram entregues aos ganhadores que desenvolveram durante o ano desenhos, redações, relatos da experiência pedagógica e das atividades realizadas nas cidades, relacionada as atividades rurais, que este ano teve como tema “Inovação e Tecnologia em Defesa do Meio Ambiente”.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Entre os premiados de Conceição do Castelo, está a professora Maria de Luldes Davila Ferreira Virginio, que neste ano ganhou o primeiro lugar no relato como  coordenador municipal e no ano passado também foi premiada na categoria relato de professor. Ela faturou um notebook e uma impressora.

As demais premiações para o município foram para Valquíria Bonicenha Destefani  que ficou em segundo lugar no relato de experiência do professor e ganhou uma moto CG 160 cc; Andrielli Gava Faccini Puziol que ganhou o  terceiro lugar relato de experiência do professor e levou um notebook, uma impressora e uma Smart TV 43″ e aluna Mariany Maranguanhe Dalbo ficou em  9° lugar em desenho –  categoria 4° ano e ganhou uma mochila.

“Estamos muito felizes e realizados com mais estas conquistas dos nossos educadores e alunos. Gratidão é a palavra! Gratidão ao Senar que organiza esse programa tão bonito e que desperta só coisas boas nos nossos alunos; a todos os professores do nosso município que participaram e vestiram a camisa junto; aos nossos alunos e pais que se envolveram no projeto, e ao nosso prefeito Christiano Spadetto, pela autonomia dada e todo envolvimento da a Secretaria de Educação”, ressaltou Márcio Vitore toa a secretaria que participou também da cerimonia

Os resultados foram comemorados pela municipalidade. O prefeito Christiano Spadetto e o secretário de Educação Márcio Vitor Zanão, estiveram na solenidade de premiação. “Estamos muito felizes e realizados com mais estas conquistas dos nossos educadores e alunos. Gratidão é a palavra! Gratidão ao Senar que organiza esse programa tão bonito e que desperta só coisas boas nos nossos alunos; a todos os professores do nosso município que participaram e vestiram a camisa junto; aos nossos alunos e pais que se envolveram no projeto, e ao nosso prefeito Christiano Spadetto, pela autonomia dada e todo envolvimento da a Secretaria de Educação”, ressaltou Márcio.

Advertisement

Festa

A premiação ocorreu no Sesc Praia Formosa, Aracruz, na quarta-feira (4), e 125 prêmios foram entregues aos ganhadores que desenvolveram durante o ano desenhos, redações, relatos da experiência pedagógica e das atividades realizadas no município.

O evento contou com muita diversão para as crianças. Teve foto ao vivo, área de jogos online, giro radical, óculos de realidade virtual, oficina de cata vento, show musical e apresentação de robôs.

Na cerimônia de premiação do Agrinho participaram mais de 2.000 pessoas. Os vencedores receberam motocicleta, notebook e impressora, smart TV, bicicleta e mochilas de material reciclado, de acordo com a categoria e a colocação.

A superintendente do SENAR-ES, Letícia Toniato Simões, conta um pouco do que foi o evento. “Esse momento é especial e tudo foi pensado para os protagonistas destes 15 anos de Agrinho, as crianças. Remodelamos todo o envolvimento desta premiação para acolher os participantes para que eles se sentissem especiais. Agradeço aos professores que atuam nesta gratificante missão de educar, pois este é o pilar de tudo, e nós enquanto sociedade só viveremos em um mundo melhor se investirmos cada vez mais na educação. Não podemos só pensar no avanço tecnológico, mas também em valorizar o ser humano”, disse.

O Programa Agrinho reforça a ideia do cultivar além da terra, como destaca o presidente da FAES, Júlio Rocha. “Nós cultivamos gente também. E com certeza o Sistema FAES, SENAR-ES por meio do Agrinho contribui na formação de cidadãos mais preparados para a vida. A minha palavra é de gratidão a todos os professores e parceiros que contribuíram para que pudéssemos colher estes resultados esperançosos nestes 15 anos de atuação no Espírito Santo”.

Programa Agrinho

O Programa Agrinho é cheio de histórias. Começou com sete municípios e hoje já são 54. Um crescimento que reflete nos mais de 80 mil alunos que participam. A coordenadora do Agrinho, Tereza Zaggo, fala desse crescimento. “Quando começamos o programa, em 2005, tínhamos dez mil alunos inseridos. O programa cresceu e tem sido reconhecido pelas secretarias municipais de educação. Recebemos diversos depoimentos de pessoas do interior que dizem que o Agrinho faz a criança crescer e criar novas oportunidades. O diferencial em nosso programa é que o aluno é quem identifica o que é necessário para mudar em seu entorno, por meio de situações que ele enxerga que precisa mudar. Despois disso a criança propõe como melhorar”.

*Com informações de Safra ES

Advertisement
Publicidade