Economia

Comércio capixaba está otimista e prevê aumento de 6% nas vendas para o Natal deste ano

COMPARTILHE
128
Advertisement
Advertisement

O comércio capixaba está otimista com as vendas de Natal e tem boas perspectivas para 2020.  A Black Friday, que aconteceu no dia 29 de novembro, foi um bom termômetro do ânimo do consumidor: as vendas foram 20% acima das efetuadas em 2018. Para o Natal, segundo o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Espírito Santo (Fecomércio-ES), José Lino Sepulcri, a expectativa é de acréscimo de 6% nas vendas em relação ao ano anterior.

Maia: comissão da reforma tributária deve ser instalada na 1ª semana de fevereiro

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira, 22, que a...

Carrefour: vendas brutas consolidadas somam R$ 17,6 bi no 4º trimestre

O Carrefour Brasil divulgou nesta quarta-feira, 22, suas prévias de vendas do quarto trimestre...

Juro curto fecha na mínima histórica, com dólar e espera por IPCA-15

As expectativas em torno do IPCA-15 e o dólar em queda levaram a curva...

“Estamos sonhando com algo em torno dos 6% acima do ano passado. É uma estimativa modesta, mas não podemos nos ater às vendas da Black Friday, que aumentaram 20% e foram fora da curva. Preferimos projeções que possam ser ultrapassadas, ou seja, vamos crescer lentamente e de forma concreta”, relata Sepulcri.

O desempenho do Produto Interno Bruto (PIB), que cresceu 0,6% no terceiro trimestre, impulsionado principalmente pelo consumo das famílias, mostrou um cenário animador para empresários e comerciantes. “A economia está crescendo. A passos lentos, mas crescendo. E no último trimestre superou a expectativa do mercado. E as vendas dependem do clima de confiança do mercado. O dinheiro não sumiu, ele está aí, em algum lugar. O que faltava era confiança para que esse dinheiro voltasse a circular. E isso está acontecendo agora”, avalia o presidente da Fecomércio-ES.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Sepulcri enfatiza que a política econômica do atual governo, voltada para o livre mercado, atrai investidores, que geram emprego e renda e fazem o dinheiro circular. Ele avalia como positiva as intervenções feitas até agora. “A política adotada pelo ministro Paulo Guedes já está dando bons frutos. A Selic (taxa básica de juro) nunca esteve tão baixa, temos uma inflação controlada, queda na taxa de juros do cheque especial, há uma resposta positiva em relação à reforma trabalhista e a da Previdência. Quer dizer, temos investimentos vindos de fora aportando no Brasil e no Espírito Santo. E isso gera otimismo. Contabilizando isso tudo, teremos um 2020 melhor do que os anos anteriores”, avalia.

O Espírito Santo, segundo Sepulcri, ocupa uma posição privilegiada nesse cenário. “É uma das poucas exceções no País. Estamos cultivando, desde os últimos governos, um crescimento da economia estadual. O servidor público recebe em dia, as contas públicas são honradas. Apesar de pequeno, o ES vem sendo, há alguns anos, um bom modelo de gestão”.

Advertisement
Publicidade