Geral

Exército estabelece normas para colecionadores de armas, tiro desportivo e caça

COMPARTILHE
105
Advertisement
Advertisement

Portaria do Comando do Exército, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 9, estabelece normas para atividades de colecionadores de armas, tiro desportivo e caça.

Fux rejeita pedido de Suzane von Richthofen para barrar biografia não autorizada

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux negou pedido de Suzane von Richthofen...

Inep alega à Procuradoria 'falha técnica' na impressão da prova do Enem

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Alexandre Lopes,...

Pesquisa científica desvenda relação entre estresse e cabelos brancos

A relação entre estresse e cabelos brancos não ligados ao envelhecimento é algo comum,...

A portaria esclarece, por exemplo, ser vedada qualquer prática com armamento objeto de coleção, exceto para realização de testes para reparo ou manutenção. Reparos ou restaurações no armamento de coleção deverão ser feitos por armeiros credenciados pela Polícia Federal ou pessoas registradas no Comando do Exército.

Sobre o tiro desportivo, a Portaria esclarece que o atirador desportivo é a pessoa registrada no Comando do Exército, que pratica habitualmente o tiro como esporte. É considerada a prática habitual a participação do atirador em, no mínimo, oito atividades de treinamento ou de competição em entidade de tiro, em eventos distintos, dentro de um período de doze meses. Essa habitualidade deve ser comprovada.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Sandra Manfrini
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Publicidade