Variedades

'Despedir dói demais', diz Aparecida Liberato em missa de 7º dia de Gugu

COMPARTILHE
22
Advertisement
Advertisement

A missa de sétimo dia de Gugu Liberato foi realizada na tarde deste sábado, 7, na igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro Jardim Paulistano, em São Paulo.

Continua depois da publicidade

A pedido da família, a celebração foi realizada pelo padre Osmar Alves Souza, o mesmo que esteve presente no velório e sepultamento do apresentador.

A cerimônia foi aberta somente a familiares e amigos de Gugu. Por questão de espaço, o acesso popular não foi permitido.

Advertisement

Durante a missa, Aparecida Liberato, irmã do apresentador, se emocionou a ler uma carta para ele.

Continua depois da publicidade

“Amado Gugu… nosso Toninho. Só Deus para nos explicar porque tão cedo. Hoje estamos aqui reunidos para relembrar e celebrar a sua vida. Estamos aqui para agradecer o privilégio de ter vivido ao seu lado”, disse a numeróloga.

Aparecida Liberato também falou do sofrimento dela e da família. “Nossos corações estão apertados, mas é preciso entender que é chegada a hora de transformarmos nossas lágrimas na certeza que nossas preces e nosso amor chegarão até você como raios de sol. A vida é feita de partidas e chegadas. Seu tempo ao nosso lado foi curto e a despedida dói demais”, desabafou.

A irmã de Gugu também ressaltou que as lágrimas não são de revolta: “Pedimos a Deus e a Jesus que perdoem nossas lágrimas. Elas nada têm de revolta, são como orvalho de esperança e certeza que a morte é a verdadeira vida, numa nova edição. Siga em paz, seja luz!”, concluiu.

Continua depois da publicidade

No fim da cerimônia, a mãe de Gugu, Maria do Céu, foi consolada pelos presentes.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.