Economia

Marfrig confirma oferta subsequente de ações que pode somar R$ 3,3 bi

COMPARTILHE
15
Advertisement
Advertisement

A Marfrig fará uma oferta subsequente de ações (follow on) que poderá chegar em R$ 3,3 bilhões, considerando o preço do fechamento de ontem (R$11,10), conforme antecipou a Coluna do Broadcast. A oferta será primária e inclui um lote secundário, para a venda de ações detidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), que possui 33,74% da Companhia. Na oferta primária serão vendidas 90.090.091 ações e na secundária o BNDES venderá sua participação, de 209.648.427 ações.

Lagarde diz que mercados não devem prestar muita atenção à revisão do BCE

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Chistine Lagarde, disse que os mercados não...

Bolsas de NY fecham mistas com OMS vendo menos risco em surto de coronavírus

As bolsas de NY fecharam sem direção única nesta quinta-feira, 23, em meio ao...

Bolsonaro afirma que é interesse do Brasil que a Índia use cada vez mais etanol

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, 23, que "há interesse, por parte do...

O processo de bookbuilding e o roadshow, para apresentação aos acionistas, terão início na segunda-feira, dia 09, e terminarão no dia 17, quando o preço da ação no âmbito da oferta será fixado. Segundo fato relevante, os recursos oriundos da oferta primária serão destinados para pré-pagar certas dívidas, ” que serão selecionadas pela administração da Companhia de acordo com a estratégia e no melhor interesse da Companhia”.

Coordenam a oferta JPMorgan, Bradesco BBI, Santander e BB Investimentos. Marcos Molina, sócio-fundador e dono da maior participação na Marfrig, com 36,43% da companhia, estava interessado em comprar toda a fatia detida pelo banco de fomento e chegou a se movimentar em busca de financiamento no mercado para realizar o negócio.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

A expectativa, ao menos até aqui, é de que Molina participe na oferta prioritária, para evitar ser diluído na operação. Como a fatia do BNDES será diluída a mercado, Molina seguirá no comando da empresa, mesmo que ainda com uma fatia minoritária.

Fernanda Guimarães
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Publicidade