Grande Vitória

Peças confeccionadas em presídios do ES são comercializadas na ArteSanto

COMPARTILHE
Divulgação
128
Advertisement
Advertisement

 De dentro das unidades prisionais do Espírito Santo, internos aprendem técnicas e passam parte do seu tempo confeccionando à mão roupas e bolsas em crochê, tapetes com refugo de tecidos das fábricas de costura e peças em madeira. É o artesanato como ferramenta de transformação social.

Continua depois da publicidade

Esses e outros produtos confeccionados por internos do sistema prisional capixaba estão na ArteSanto, feira de artesanato capixaba que segue até o próximo domingo (10) na Praça do Papa, em Vitória.

O estande da Secretaria da Justiça (Sejus) leva aos visitantes diversas peças confeccionadas por detentos do Atelier Sonho de Liberdade, da Penitenciária Estadual de Vila Velha 2; da marcenaria Jequitibá, da Penitenciária Estadual de Vila Velha 3; da Oficina de Ideias, da Penitenciária Semiaberta de Cariacica e dos projetos Reabilitarte e Nova Vida, desenvolvidos na Penitenciária de Segurança Média 1 e 2, respectivamente.

A subsecretária de Ressocialização da Sejus, Roberta Ferraz, destaca que essas são iniciativas desenvolvidas nas unidades prisionais buscando melhorar a autoestima e a qualidade de vida dos internos através do envolvimento em atividades produtivas.

Continua depois da publicidade

“A gestão das unidades prisionais está investe cada vez mais em projetos que ocupem e tragam conhecimento aos internos. O trabalho desenvolvido por eles é de muita qualidade. Expor e comercializar em uma feira tão significativa como a ArteSanto é um incentivo a mais para que invistam em suas habilidades para trilhar um novo caminho” ressalta a subsecretária.

Feira

A ArteSanto é realizada pelo Convention & Visitors Bureau, em parceria com o Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes). A entrada é gratuita.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].