Segurança

Homem é morto a tiros dentro de churrascaria em Cachoeiro; irmão também foi baleado

COMPARTILHE
21089
Advertisement
Advertisement

O proprietário de um ferro velho, identificado como Gelson Siqueira, morreu na noite desta quinta-feira (7), após ser baleado dentro de uma churrascaria na Avenida Francisco Mardegan, no bairro Marbrasa, em Cachoeiro de Itapemirim. O irmão dele, que estava junto no momento do crime, também foi atingido, mas sobreviveu.

Carro fica destruído após incêndio dentro de garagem em Cachoeiro  

Um carro ficou completamente destruído, na noite desta segunda-feira (25), após ter sido –...

Preso em Anchieta suspeito de assaltar ciclistas; material apreendido é estimado em R$ 45 mil

Policiais civis da 10ª Delegacia Regional de Anchieta prenderam, na última sexta-feira (22), um...

Vídeo | Acidente entre três veículos deixa uma vítima fatal em Rio Novo do Sul

Um grave acidente envolvendo três veículos na manhã desta segunda-feira (25), no KM 390,...

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o estabelecimento fica próximo a sede da instituição. Após ouvir os disparos, um dos militares foi até o local e iniciou os primeiros socorros antes mesmo da chegada da viatura.

Os irmãos estavam no estabelecimento para assistir uma partida de futebol, quando um homem, que estava no carona de uma moto, desceu em frente a churrascaria e disparou diversas vezes contra o comerciante.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Gelson foi socorrido com três perfurações de arma de fogo, que atingiram a nuca, costas e peito. O irmão dele, levou um tiro no braço. Os dois foram socorridos para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro, mas Gelson já chegou sem vida na unidade.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do município. O corpo de Gelson foi removido para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim.

 

 

Advertisement

 

 

 

 

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.