Espírito Santo

Governadores do Espírito Santo e Minas Gerais se reúnem e cobram melhorias na BR 262

COMPARTILHE
231
Advertisement
Advertisement

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, se reuniu, na manhã desta sexta-feira (22), com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, em Belo Horizonte. Os dois fizeram o alinhamento das pautas comuns entre os dois estados. O principal ponto do encontro foi a situação da Rodovia BR-262, principal ligação rodoviária entre ES e MG. Eles são unanimes em torno da necessidade de melhorias na via. A reunião aconteceu na residência do governador mineiro.

Gestores do Sul do Espírito Santo destacam a importância da Lei Aldir Blanc em seus municípios

Sancionada no último dia 29 pelo Congresso Nacional, a Lei de Emergência Cultural Aldir...

ES vai investigar reinfecção por Covid, temporalidade e imunidade do vírus na população capixaba 

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, junto ao subsecretário da pasta, Luiz...

Empresários do ES pedem abertura de restaurantes com restrições aos fins de semana

Durante uma reunião online ocorrida entre o setor turístico das montanhas capixabas e o...

Casagrande e Zema mantêm contatos com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para tratar da situação da rodovia. No encontro com o colega mineiro, o governador capixaba reforçou a importância de investimentos em logística:

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Temos necessidade de investimento em nossas rodovias. Temos duas importantes rodovias que nos ligam a Minas e a BR-262, que vai de Vitória até o Estado do Mato Grosso do Sul, é a mais importante. Uma rodovia fundamental, que liga o Leste ao Oeste do País e que está em situação precária. Sabemos da dificuldade da privatização e temos que cobrar do Governo Federal investimentos públicos enquanto se procura investidores privados.”

O governador capixaba mencionou que a Estrada de Ferro Vitória-Minas, ligação ferroviária entre os dois estados, é o trecho mais eficiente do Brasil. “Temos necessidade de ampliar a ferrovia no nosso Estado até Anchieta, na região sul, e posteriormente até o Rio de Janeiro, o que também interessa a Minas. Queremos ser a porta de saída e entrada dos produtos de Minas para o mundo e do mundo para Minas”, destacou.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.