Cidades

Conferência Municipal de Segurança Alimentar será nesta sexta-feira (22) em Cachoeiro

COMPARTILHE
63
Advertisement
Advertisement

Cachoeiro de Itapemirim realiza, nesta sexta-feira (22), a sua III Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. Será a partir das 7h, no auditório “Sanzio Cicatelli”, do Centro Universitário São Camilo, bairro Paraíso. Entre os presentes, estarão representantes do poder público, do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Consean) e de organizações sociais.

Ações de recuperação de estradas rurais serão ampliadas este mês em Cachoeiro; veja os locais que receberão melhorias

As chuvas intermitentes, ocorridas de dezembro de 2019 a março deste ano, provocaram grandes...

Veja as ações que já foram feitas em Cachoeiro para combater a pandemia de Covid-19

Desde o início de março, quando os primeiros casos de Covid-19 foram confirmados no...

Seminário on-line celebra 14 anos de comitê do rio Itapemirim

Em comemoração aos 14 anos do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Itapemirim (CBH...

Para participar, basta comparecer. As inscrições serão feitas no local, das 7h às 8h, sendo que a programação começará às 8h40, com atividades, especialmente, voltadas para setores públicos; entidades; agricultores; povos e comunidades tradicionais; pessoas atendidas pelas políticas públicas de segurança alimentar e estudantes que atuam na área.

Intitulada “Chega de violação, queremos a garantia e o direito à alimentação adequada”, a conferência magna será ministrada pelo palestrante José Arcanjo Nunes, engenheiro agrônomo e doutor em Produção Vegetal, pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), com participação do presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Wesley Mendes.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Às 11h10, terão início as atividades dos grupos de trabalho, para construção de propostas no âmbito dos três eixos em discussão.

No primeiro, será debatido sobre: Direitos Humanos: direito à alimentação digna e saudável e os desafios para a soberania alimentar e a comida de verdade; a Violação dos direitos humanos e a soberania alimentar e nutricional como direito constitucional; e a Violação dos direitos humanos e a soberania alimentar e nutricional para população negra e para os povos e comunidades tradicionais no Espírito Santo.

O segundo eixo falará sobre: Sistema Estadual Segurança Alimentar e Nutricional: até onde chegamos e para onde queremos ir; o Papel e a importância dos Conselhos Municipal e Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, das Câmaras Intersetoriais de Segurança Alimentar e Nutricional, municipais e estaduais; e das Conferências municipais, regionais e estaduais para o desenvolvimento da Política de Segurança Alimentar e Nutricional.

Já o último eixo debaterá estratégias para avançar na agenda de Segurança Alimentar e Nutricional e na mobilização da sociedade capixaba.

Advertisement

Na plenária final, serão apresentadas propostas para o município, a serem encaminhadas ao Estado e à União, sugerindo ações e caminhos para garantia e o fortalecimento da política pública de segurança alimentar e nutricional. Por fim, haverá a eleição dos delegados para a 6ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional.

“A conferência é o espaço em que órgãos governamentais e da sociedade civil têm a oportunidade de debater e propor caminhos para garantir e fortalecer as políticas públicas de segurança alimentar e nutricional do nosso município. Contamos com a participação ativa de todos os envolvidos”, ressalta a secretária de Desenvolvimento Social de Cachoeiro, Maria Aparecida Stulzer.

Programação

Local: Auditório Sanzio Cicatelli, no Centro Universitário São Camilo, rua São Camilo de Lélis, 01 – Paraíso

Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
7h – 8h: Credenciamento, café da manhã, Leitura e Aprovação do Regimento Interno
8h40 – Abertura Oficial
9h40 – Conferência Magna: “Chega de violação, queremos a garantia e o direito à alimentação adequada”
Palestrante: José Arcanjo Nunes, engenheiro agrônomo e doutor em Produção Vegetal pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)
10h20 – Debate
11h10 – Instalação dos Grupos de Trabalho
EIXO I – Direitos Humanos: Direitos Humanos: direito à alimentação digna e saudável e os desafios para a soberania alimentar e a comida de verdade; a Violação dos direitos humanos e a soberania alimentar e nutricional como direito constitucional; e a Violação dos direitos humanos e a soberania alimentar e nutricional para população negra e para os povos e comunidades tradicionais no Espírito Santo;
EIXO II – Sistema Estadual Segurança Alimentar e Nutricional: até onde chegamos e para onde queremos ir; o Papel e a importância dos Conselhos Municipal e Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional; das Câmaras Intersetoriais de Segurança Alimentar e Nutricional, municipais e estaduais; e das Conferências municipais, regionais e estaduais para o desenvolvimento da Política de Segurança Alimentar e Nutricional;
EIXO III – Estratégias para avançar na agenda de Segurança Alimentar e Nutricional e na mobilização da sociedade capixaba.
12h – Almoço
15h – Instalação da Plenária Final para análise, discussão e aprovação das propostas dos grupos
16h – Eleição dos Delegados à 6ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional
17h – Encerramento

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.