Esporte Nacional

Gallardo confirma escalação e vê River com 'boas chances' diante do Flamengo

COMPARTILHE
25
Advertisement
Advertisement

Embora um pouco enjoado em razão do trânsito caótico que enfrentou em Lima, no Peru, antes da entrevista coletiva nesta sexta-feira, o técnico Marcelo Gallardo se mostrou tranquilo antes da final da Copa Libertadores diante do Flamengo, marcada para este sábado, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Monumental de Lima, no Peru.

Mahomes estende contrato com os Chiefs por dez anos e vai ganhar R$ 2,7 bilhões

Um contrato de dez anos por US$ 503 milhões (cerca de R$ 2,7 bilhões)....

Final da Taça Rio entre Fluminense e Flamengo não terá transmissão da Globo

A final da Taça Rio entre Fluminense e Flamengo, nesta quarta-feira, às 21h30, não...

Sevilla sofre, mas bate Eibar e cola no Atlético de Madrid na briga pelo 3º lugar

Com um gol de Lucas Ocampos, aos 11 minutos do segundo tempo, o Sevilla...

Sem hesitar, Gallardo confirmou a escalação do time argentino. Não haverá modificações, diferentemente do que chegou a ser cogitado. Nos últimos dias vinha sendo especulada a possibilidade de o time argentino jogar com um esquema com três defensores, mas o treinador mandará a campo mesmo a formação que ele costuma utilizar com maior frequência: Armani; Montiel, Martínez Quarta, Pinola e Casco; Nacho Fernández, Enzo Pérez, Palacios e De La Cruz; Borré e Suárez.

Em sua terceira final de Libertadores nos últimos cinco anos – foi campeão nas duas vezes que disputou a decisão -, Gallardo elogiou o Flamengo e previu equilíbrio na partida. Ele entende que sua equipe tem boas chances de conquistar o pentacampeonato.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

“Considero que estamos competindo por uma conquista que as duas equipes chegam em ótimas condições na final. Parece que temos boas chances para conseguir. Única coisa que espero é que seja um bom espetáculo de futebol. Considero que termos muitos bons valores em campo”, afirmou Gallardo, o treinador mais vitorioso da história do River, com 11 conquistas.

Muñeco, como é conhecido, descartou que sua equipe tenha vantagem por ser a atual campeã. Ele não vê favoritismo para nenhum dos lados. “Somos o último campeão da América e trataremos de fazer valer isso contra um rival muito forte”, disse o comandante argentino. “Somos candidatos. O que vem de fora não nos incomoda. A partida se resolve em campo”, emendou.

EXPERIÊNCIA – Ao lado de Gallardo na coletiva, o goleiro Franco Armani, citou a experiência internacional como uma vantagem do River Plate na final. O jogador estava na última conquista diante do Boca Juniors, no ano passado, e acredita que essa bagagem pode ajudar a equipe argentina diante de um rival que não chegava em uma decisão de Libertadores desde 1981.

“À medida que passam os anos, obviamente vamos ganhando experiência nos jogos internacionais para podermos estar onde estamos. Isso não é vitória única. Diante de tudo, friso a importância do grupo, dos companheiros, que nos faz sentir à vontade, privilegiados, e hoje podermos estar defendendo as cores do River. Para que cada ano estejamos lutando por um título da Copa e estar no ponto mais alto. O grupo é copeiro”, salientou Armani.

Para o goleiro, o Flamengo, muito estudado pela comissão técnica e elenco do River, joga de maneira semelhante ao de sua equipe. Na sua opinião, os dois times possuem bastante habilidade com a bola e têm identidades bem definidas.

“Obviamente, a gente tem uma ideia clara. Um panorama de como o adversário joga. Suas fraquezas, fortalezas. Nós temos isso tudo claro. São dois times que tratam de jogar, tratam bem a bola. Têm estilo de jogo próprio, identidade própria. Vai ser um jogo muito disputado, aguerrido, com garra, fechado, como todas as finais”, opinou.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.