Esporte Nacional

Sem citar Internacional, Eduardo Coudet confirma saída do Racing no final do ano

COMPARTILHE
11
Advertisement
Advertisement

Mais forte candidato a ser o técnico do Internacional em 2020, o argentino Eduardo Coudet revelou nesta sexta-feira, em entrevista coletiva em Buenos Aires, que deixará o comando do Racing no final deste ano. O treinador, que não citou o nome do clube gaúcho, considerou que o seu ciclo no time de Avellaneda está encerrado após concluir as últimas quatro partidas que restam em 2019.

Possível rival do Fla no Mundial, Liverpool renova contrato com Jürgen Klopp

Prestes a desembarcar no Catar para a disputa do Mundial de Clubes, o Liverpool...

Embiid brilha e comanda vitória do Philadelphia sobre o Celtics na NBA

Em busca do topo da Conferência Leste da NBA, o Philadelphia 76ers mostrou força...

Projeto do clube-empresa busca consenso no Senado e votação fica para 2020

Ficou para 2020 a votação no Senado do projeto que visa estimular os clubes...

“Como já havia comunicado de maneira interna (para jogadores e diretoria), creio que tenha cumprido um ciclo e não vou continuar no clube além destas partidas que faltam”, disse Coudet.

O técnico comentou que tomou a decisão de maneira antecipada para que o Racing ficasse livre para buscar um novo treinador – o nome de Jorge Sampaoli, do Santos, é um dos mais cotados. “Foi uma decisão pensada e a comuniquei com antecipação para que o clube tivesse tempo de preparação para esta mudança”, explicou. “Sei que a mensagem às vezes pareceu confusa, mas entenderão que a situação merecia ser levada com respeito”, acrescentou.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

Coudet deverá ficar no clube de Avellaneda até a primeira quinzena de dezembro. No período, o Racing, atual campeão argentino, irá disputar a final da Super Copa, em jogo único, marcado para a cidade de Mar del Plata, contra o Tigre. Esse deve ser o último compromisso do profissional antes de assumir o Internacional.

Ainda que não tenha confirmado que assumirá o clube de Porto Alegre, a vinda do treinador já foi comentada por algumas lideranças da equipe gaúcha, como o meia D’Alessandro e o zagueiro Victor Cuesta.

TREINO – Em Porto Alegre, com Zé Ricardo no comando, a novidade do treinamento desta sexta-feira foi a presença em campo do centroavante Paolo Guerrero, já que no restante da semana o peruano havia feito atividades especiais na academia.

A tendência é que o treinador repita a escalação que empatou por 0 a 0 contra o Corinthians, em São Paulo, no último domingo. A única alteração que pode ocorrer é no meio de campo. Patrick deve ser mantido, mas Nonato e Neilton tem chances de ganhar a vaga.

“Mais uma semana que tive tempo para treinar e consegui trabalhar com todo o grupo de forma igual. Logicamente, o Nonato, antes de chegar ao Inter, me chamava a atenção. Ainda está em recuperação dos quase dois meses parado. Teve oportunidade contra o Corinthians e está nos nossos planos para a partida, mas não vou revelar se começa ou não”, declarou o treinador.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Publicidade