Economia

Após 3 meses em queda, grupo Alimentação e Bebidas sobe 0,06% no IPCA-15

COMPARTILHE
9
Advertisement
Advertisement

O grupo Alimentação e Bebidas apresentou ligeira alta no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) de novembro, de 0,06%, após três meses consecutivos de queda – de 0,17% em agosto, de 0,34% em setembro e de 0,25% em outubro.

Sinais de eventual greve de caminhoneiros são movimentos isolados, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou nesta sexta-feira, 13, que sinais de...

Empresas não terão de pagar multa de 10% do FGTS a partir de 2020

A partir do dia 1.º de janeiro de 2020, as empresas estarão dispensadas de...

Movimento do governo de Goiás contra Enel é totalmente isolado, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que a tentativa do governo de...

A alimentação fora do domicílio passou de estabilidade no mês passado para alta de 0,12% neste mês. Esse resultado foi influenciado, principalmente, pelas altas na refeição (0,13%) e na receita fora (0,34%).

Além disso, a alimentação no domicílio, que havia apresentado queda de 0,38% em outubro, variou 0,03% neste mês.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

As carnes subiram 3,08% e contribuíram com 0,08 ponto porcentual (p.p.) no IPCA-15.

Em contrapartida, foram destaque as quedas da cebola (-18,6%), tomate (-8%), batata-inglesa (-7,92%) e do leite longa vida (-1,67%).

Fernanda Nunes
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Publicidade