Economia

Maia: falta de apoio de senadores do NE à PEC paralela não facilita tramitação

COMPARTILHE
14

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o apoio dos deputados à chamada PEC paralela não deve ser fácil. Questionado se o clima da Casa havia mudado sobre a inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência, desde a tramitação da reforma, ele citou que os senadores dos partidos ligados aos governadores do Nordeste não votaram por essa inclusão.

Empresa quer implantar fábrica de papel no Sul do Espírito Santo

Uma fábrica de papel deve ser implantada no Sul do Espírito Santo. O nome...

PF desmonta quadrilha que desviou R$ 9 milhões do INSS em Alagoas

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 12, a Operação Marechal para...

Produção industrial da zona do euro cai 0,5% em outubro, mais do que o esperado

A produção industrial da zona do euro caiu 0,5% em outubro ante setembro, segundo...

O Senado aprovou na terça-feira em segundo turno, com 53 votos favoráveis e 7 contrários, a proposta que segue agora para a Câmara, onde enfrenta resistências. A conclusão da proposta foi negociada com a oposição com a aprovação de uma emenda flexibilizando as regras de transição para aposentadoria.

O projeto anterior da reforma da Previdência previa a abrangência da medida a Estados e municípios, mas esse trecho foi retirado pela Câmara.

Continua depois da publicidade

A PEC paralela precisa agora passar pela Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) da Câmara, mas ainda não há previsão de quando será pautada. Maia tem outra PEC na fila, a da agenda social que trata da constitucionalização do Bolsa-Família.

Tributária

Maia também indicou que a proposta do governo de unificar a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) com o Programa de Integração Social (PIS) deve encontrar dificuldade.

“Não é simples, se tentou durante dois anos e não se conseguiu, mas vamos ver que eu não conheço o formato correto”, afirmou.

Camila Turtelli
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade