Esporte Nacional

Chará inicia trabalhos físicos e deve voltar ao Atlético-MG no fim do Brasileirão

COMPARTILHE
14

O Atlético Mineiro convive com a expectativa de contar com Yimmi Chará na reta final do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, na reapresentação do elenco, o atacante colombiano fez um trabalho físico no campo da Cidade do Galo, iniciando os trabalhos de transição.

Na reapresentação do Flamengo, Bruno Henrique treina e deve jogar o Mundial

Após dois dias de folga, o Flamengo se reapresentou na manhã desta quarta-feira no...

Fifa vai à Justiça para recuperar R$ 8 milhões pagos por Blatter a Platini

O Comitê de Governança da Fifa vai apresentar uma ação na Justiça da Suíça...

Prestigiado no mercado, Rogério Ceni terá de dar resposta ao Fortaleza até sexta

O técnico Rogério Ceni foi criticado por ter trocado o Fortaleza pelo Cruzeiro durante...

Chará sofreu lesão no músculo anterior da coxa direita em 29 de setembro, durante vitória do Atlético-MG por 2 a 1 sobre o Ceará, pela 22ª rodada do Brasileirão. Até pela inatividade e pela falta de ritmo, o colombiano não deve ter condições de encarar o Athletico-PR, domingo, no Mineirão, pela 34ª jornada do torneio nacional. Mas há a expectativa de que ele possa ser aproveitado pelo técnico Vagner Mancini nos compromissos seguintes.

Na reapresentação do elenco, os titulares no empate com o Fluminense fizeram apenas trabalhos regenerativos. Já os reservas disputaram um coletivo contra os juniores, reforçados pelo goleiro Wilson.

Continua depois da publicidade

Os suplentes treinaram com: Victor; Hulk, Leonardo Silva, Maidana e Hernández; Jair, Vinícius e Cazares; Terans, Maicon e Geuvânio. Já os juniores trabalharam com: Wilson, Carlos Manoel, Vitor Mendes, Griggio, Samuel Toscas, Adriano, Guilherme Castilho, Gabriel Pires, Matheus Porto, Mateus Criciúma e Lucas Mineiro.

Para o duelo de domingo, o Atlético-MG terá os retornos de Guga, que estava na seleção brasileira olímpica, e que voltará a treinar na quarta-feira. No mesmo dia, chegará a Belo Horizonte Martínez, que estava na seleção paraguaia. E na quinta-feira será a vez do venezuelano Otero. Mancini, porém, não poderá usar Réver, Igor Rabello e Jair, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade