Espírito Santo

Selecionados no programa CNH Social ES têm até a próxima segunda (14) para se matricular

COMPARTILHE
Foto: Ana Glaucia Chuina
1151

Os selecionados no Programa CNH Social 2019 têm até a próxima segunda-feira (14) para acessar o site do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) e fazer a matrícula on-line. Somente assim pode ser feita a distribuição dos selecionados para o Centro de Formação de Condutor (CFC), o que permite o início do Processo de Habilitação. Dos 2.500 selecionados no Programa CNH Social 2019, mais de 1.900 já iniciaram o processo de habilitação.

Aeroporto de Vitória deve movimentar mais de 51 mil viajantes durante feriado da Proclamação da República

A movimentação de passageiros no Aeroporto de Vitória/Eurico de Aguiar Salles deve crescer durante...

Defesa Civil decreta situação de alerta máximo devido às chuvas no Espírito Santo

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Espírito Santo decretou nesta quinta-feira...

Chuvas e áreas alagadas aumentam o risco de transmissão da leptospirose

As chuvas intensas registradas nesta terça-feira (12) e quarta-feira (13) no Espírito Santo trazem...

Os candidatos devem ficar atentos aos prazos. Após a realização da matrícula on-line, eles têm 15 dias para comparecer presencialmente ao CFC para o qual foram indicados, com os documentos necessários e concluir a abertura do processo (Renach). Após abertura do Renach, eles terão mais 15 dias para fazer a coleta biométrica em qualquer unidade do Detran no Estado. O candidato que se inscreveu para a categoria A ou B, após coletar a biometria, terá 15 dias para concluir os exames médico e psicológico. Aquele que não respeitar esses prazos perderá o benefício.

A distribuição dos candidatos selecionados foi feita de forma equitativa entre os CFC’s e Clínicas Médicas e Psicológicas da rede credenciada do Detran|ES que aderiram ao Programa CNH Social.

Continua depois da publicidade

Seleção

A segunda fase de inscrições atraiu 51.417 interessados. Foram oferecidas 2.500 vagas entre processos de primeira habilitação, adição ou mudança de categoria. Os candidatos foram selecionados segundo os critérios previstos Decreto Estadual Nº 4423-R, de 03 de maio de 2019, que considera menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição.

Entre os candidatos que se declararam Pessoas Portadoras de Deficiência (PCD), foram contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

Neste ano, o programa já disponibilizou um total de cinco mil vagas para primeira habilitação, adição e mudança de categoria na carteira de motorista. Mas, conforme anunciado pelo governador Renato Casagrande, serão disponibilizadas em quatro anos o total de 25 mil CNHs em todo o Estado.

Só conseguiram se inscrever nesta segunda fase aquelas pessoas que estavam em situação regular no Cadastro Único do Governo Federal, até 16 de agosto de 2019. Aquelas pessoas que ainda não estão inscritas, que atualizaram o seu cadastro recentemente ou estão com seus cadastros desatualizados e não conseguiram se inscrever no programa CNH Social, podem concorrer à habilitação gratuita no próximo processo de seleção.

Chance para suplentes

Para aqueles que não foram selecionados nesta segunda fase, haverá uma nova oportunidade. No dia 18 de novembro, será feita uma chamada única de suplentes no site do Detran|ES após desclassificação de candidatos que não respeitarem prazos estabelecidos no processo. Na primeira fase, foram chamados 557 suplentes. Esta é mais uma novidade que o Detran|ES incorporou ao programa neste ano.

Dúvidas

Para esclarecer dúvidas a respeito do programa CNH Social, envie um e-mail para [email protected]

Publicidade