Cidades

Projeto vai levar aulas gratuitas de teatro e dança a moradores do Zumbi em Cachoeiro

COMPARTILHE
279
Advertisement
Advertisement

Um projeto de cunho social irá levar para o bairro Zumbi, em Cachoeiro de Itapemirim, aulas gratuitas de teatro e dança, além de workshop de maquiagem e audiovisual, a partir do próximo dia 12. A ação é organizada pelo coordenador artístico do grupo Cia Encena de Teatro, Thiago Neves, com apoio do Governo do Estado, por meio do Fundo de Cultura (Funcultura), e da Igreja Batista Monte Sião.

Continua depois da publicidade

As aulas do “Zumbi em Cena” acontecerão todos os sábados, até o dia 9 de dezembro, na Igreja Batista Monte Sião, a partir das 9h. Ao todo serão disponibilizadas 30 vagas para as aulas de teatro, 30 vagas para as aulas de dança, além de mais 30 vagas para os workshops de maquiagem e audiovisual, que serão realizados apenas no mês de dezembro. Para fazer a inscrição nos cursos e workshops basta enviar um e-mail para [email protected] ou pelo WhatsApp (28) 99983-9586, dizendo qual oficina ou quais workshops deseja participar.

“Realizar um projeto social no bairro Zumbi é um sonho pessoal meu, sempre pensei na possibilidade, porém faltava o recurso. Através de um edital do Governo do Estado aberto no ano passado, para bairros em situação de vulnerabilidade social, pude escrever o projeto e ser selecionado. Realizar isto é um pontapé inicial para o projeto que continuará nos próximos anos”, detalha Thiago Neves.

Direito cultural

Continua depois da publicidade

Além de contribuir socialmente aos moradores do bairro, o projeto pretende garantir o direito cultural, possibilitar novos caminhos e rumos a partir da experiência com a arte e criar novas expectativas de vida. Segundo o coordenador, é importante para deixar que a pluralidade, a diversidade proporcionada pela juventude possa criar as próprias narrativas para que aconteça a transformação social com o “Zumbi em Cena”.

“Embora a Constituição Federal Brasileira garanta a todos “o pleno exercício dos direitos culturais”, não é o que se vê na prática, violações frequente afetam a vida de milhares de brasileiros, principalmente quando se olha para os bairros de periferia, líderes no ranking de desigualdade. O que o projeto objetiva é criar condições para ampliação de repertórios conceituais, metodológicos e técnicos que ampliem a capacidade de invenção, organização e comunicação da produção artística e cultural por parte dos participantes locais. Além de contribuir socialmente aos moradores do bairro Zumbi”, conclui o coordenador.

 

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].