Segurança

Polícia Civil prende suspeito de assassinar mulher a tiros em Iúna

COMPARTILHE
Divulgação PC
7005
Advertisement
Advertisement

Foi preso nesta quinta-feira (10), o suspeito do assassinato da empresária Rosimar Pacheco, de 48 anos, ocorrido no último dia 13 de setembro, em Pequiá, distrito de Iúna.

Continua depois da publicidade

De acordo com a Polícia Civil, foi cumprido mando de prisão temporária contra H. J. E.C., de 53 anos. Ele era vizinho da vítima e, segundo o delegado responsável pelo caso, Thiago Dorneles, apesar de ser casado, H. “tinha uma expectativa amorosa frustrada em relação à Rosimar”. A vítima estava separada há seis meses.

A ação de hoje contou com a participação de policiais civis da delegacia de Iúna em conjunto com as delegacias de Ibatiba e Muniz Freire.

A operação foi coordenada pelos delegados Tiago Dorneles, Cláudio Araújo e Bruno Alves Rodrigues. Além do mandado de prisão, foi cumprido busca na residência de H., mas a arma do crime não foi encontrada.

Continua depois da publicidade

O suspeito, que não confessou o crime, foi conduzido ao Centro de Triagem de Viana, onde permanecerá preso por 30 dias, prazo para a PC concluir as investigações.

O crime

Rosimar era dona de um restaurante na localidade de Pouso Alto, no Distrito de  Pequiá. Na noite do crime, ela foi morta a tiros quando estava na casa de um vizinho, ajudando nos preparativos de um casamento que aconteceria no dia seguinte.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O filho da vítima chegou a socorrê-la para o hospital, mas ele chegou morta à unidade.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.