Segurança

Polícia Civil prende suspeito de assassinar mulher a tiros em Iúna

COMPARTILHE
Divulgação PC
6487

Foi preso nesta quinta-feira (10), o suspeito do assassinato da empresária Rosimar Pacheco, de 48 anos, ocorrido no último dia 13 de setembro, em Pequiá, distrito de Iúna.

Lavrador é atingido por golpes de punhal na varanda de casa em distrito de Mimoso do Sul

Um lavrador de 51 anos foi atingido por golpes de punhal, na tarde desta...

Três hectares de florestas são queimados em incêndio no Alto da Serra de Alegre

Um incêndio de grandes proporções queimou aproximadamente três hectares de florestas em Alegre. O...

Motorista morre ao cair em ribanceira em rodovia próximo a Brejetuba

Um acidente deixou uma vítima fatal na madrugada deste sábado (19) na Rodovia Antônio...

De acordo com a Polícia Civil, foi cumprido mando de prisão temporária contra H. J. E.C., de 53 anos. Ele era vizinho da vítima e, segundo o delegado responsável pelo caso, Thiago Dorneles, apesar de ser casado, H. “tinha uma expectativa amorosa frustrada em relação à Rosimar”. A vítima estava separada há seis meses.

A ação de hoje contou com a participação de policiais civis da delegacia de Iúna em conjunto com as delegacias de Ibatiba e Muniz Freire.

Continua depois da publicidade

A operação foi coordenada pelos delegados Tiago Dorneles, Cláudio Araújo e Bruno Alves Rodrigues. Além do mandado de prisão, foi cumprido busca na residência de H., mas a arma do crime não foi encontrada.

O suspeito, que não confessou o crime, foi conduzido ao Centro de Triagem de Viana, onde permanecerá preso por 30 dias, prazo para a PC concluir as investigações.

O crime

Rosimar era dona de um restaurante na localidade de Pouso Alto, no Distrito de  Pequiá. Na noite do crime, ela foi morta a tiros quando estava na casa de um vizinho, ajudando nos preparativos de um casamento que aconteceria no dia seguinte.

O filho da vítima chegou a socorrê-la para o hospital, mas ele chegou morta à unidade.

Publicidade