Cachoeiro de Itapemirim

Maioria dos entrevistados pelo Instituto Solução pede mais oportunidade de emprego e melhorias na saúde de Cachoeiro

COMPARTILHE
Crédito: Wanderson Amorim
277

Nesta edição, o AQUINOTICIAS.COM mostra qual é a prioridade da população de Cachoeiro de Itapemirim, como é avaliada a idoneidade do prefeito Victor Coelho (PSB) e como votariam os eleitores numa possível candidatura do atual gestor à reeleição.

Assista a edição deste sábado (19) do programa “Top Show” pelo AQUINOTICIAS.COM

O programa “Top Show”, do apresentador Parraro Scherrer, deste sábado (19) está no ar....

Novo Código Sanitário de Cachoeiro entra em vigor

Cachoeiro de Itapemirim passou a contar, nesta semana, com um novo Código Sanitário. Instituído...

Cachoeiro: Teatro Rubem Braga recebe peça baseada em música de Renato Russo

Neste domingo (20), no Teatro Municipal Rubem Braga, em Cachoeiro de Itapemirim, haverá a...

A pesquisa do Instituto Solução ouviu 600 moradores da área urbana e interior da cidade entre os dias 25 a 27 de setembro.

 

Continua depois da publicidade

No quesito idoneidade, para 40% dos entrevistados, Victor Coelho é um prefeito honesto; 51,5% não souberam responder; e apenas 8,5% afirmam que o gestor é desonesto.

“A honestidade é, como em qualquer nível de relacionamento, também primordial na gestão pública. Recebo essa avaliação com satisfação, embora boa parte dos entrevistados talvez ainda não tenha tido acesso ou oportunidade para avaliar melhor essa questão. Em três anos de gestão, não recebi nenhuma ação de improbidade, o que demonstra meu comprometimento com a população no que se refere ao zelo com dinheiro e patrimônio público”, analisa o prefeito.

 

Quando a pergunta é: O que o município de Cachoeiro mais precisa hoje? A maioria dos entrevistados, 44,5%, disse que a cidade precisa de mais investimentos em saúde; 43,17% querem mais oportunidades de emprego; 7,83% pedem cursos de capacitação profissional; 1,83% querem mais festas e lazer; menos de 1% definem como prioridade ruas calçadas, estradas patroladas e apoio à agricultura.     

“A melhoria na saúde e ações na geração de empregos é, sem dúvida, grande desafio em qualquer gestão pública. O desemprego é problema nacional. Em Cachoeiro, o desemprego se agravou com o fim do ciclo de importantes empresas que, tradicionalmente, empregavam grande número de trabalhadores. Entre janeiro e agosto, foram abertas 814 vagas em Cachoeiro. E em agosto, foi o município que mais criou vagas de emprego, fora da Grande Vitória, com 121 novas vagas. Nosso desafio, nesse momento, é atrair novos investidores e impulsionar o empreendedorismo. E isso estamos fazendo, com a criação de leis de incentivo fiscal e adesão a programas que tornem o ambiente mais favorável a novos negócios. Recentemente inauguramos a nova Sala do Empreendedor, com o objetivo de capacitar e formalizar novos comércios. Para o próximo ano, temos boas expectativas para abertura novos postos de trabalho, com a ampliação do Hospital Unimed e a abertura da Rede Carone, entre outros empreendimentos, que devem oferecer cerca de mil novos empregos. Quanto a saúde, em breve entregaremos o Pronto Atendimento Paulo Pereira Gomes, que deve desafogar a UPA. Estamos reformando unidades de saúde em todas as regiões, melhoramos o salário de médicos e outros profissionais, com o objetivo de aumentar o quadro, e até o ano que vem entregaremos o Centro Municipal de Saúde totalmente reformulado”, afirma Victor Coelho.

 

Dos entrevistados, 54,33% dizem que as obras realizadas pela administração estão atendendo as demandas dos moradores parcialmente; totalmente corresponde a 3,83%; para 23% está deixando a desejar; os que estão decepcionados correspondem a apenas 4,67%.

“Devido a condição financeira do município não permitir a realização de obras vultuosas, a administração vem captando recursos expressivos para garantir a realização de obras de infraestrutura necessárias para o bom funcionamento do município nas mais diversas áreas. Para se ter uma ideia, desde 2017 a gestão já captou aproximadamente R$ 13 milhões; recuperou outros R$ 10 milhões; sem contar os financiamentos (Finisa e Banco do Brasil). Há obras sendo executadas em todas as regiões do município; tendo como prioridade os bairros que ainda não receberam obras de infraestrutura, tais como drenagem, calçamento ou pavimentação. Nosso compromisso é entregar, até o final do ano, as obras em andamento, e iniciar 2020 com novo pacote que beneficie bairros ainda no aguardo de entregas na área”, comenta Coelho.

 

Se as eleições fossem hoje e Victor Coelho fosse candidato à reeleição, 29,02% votariam para ele continuar administrando a cidade; 13,46% não sabem como iriam votar; e outros 57,52% dizem que não votariam nele.

“Ainda há obras importantes sendo finalizadas e até 2020 a população vai ter maior clareza se cumprimos com nossa obrigação ou não. De toda forma, o tema reeleição só será tratado por nós no ano que vem. Até lá ainda há muito o que mostrar e fazer pela população”, argumenta o prefeito.

Publicidade