Cidades

Comunidade aprova implantação de Escola Cívico-Militar em Ibatiba

COMPARTILHE
1269
Advertisement
Advertisement

A comunidade escolar e autoridades se reuniram, na noite da terça-feira (8), na Escola Municipal David Gomes, em Ibatiba, para debater, em audiência pública, a adesão da unidade ao Programa das Escolas Cívico-militares do Ministério da Educação (MEC). Em votação, a adesão foi aprovada por 97% dos presentes.

Áudio do WhatsApp que diz que Castelo terá enchente após chuvas em Conceição é falso, diz Defesa Civil

Um áudio que circula nos grupos de WhatsApp está informando que as chuvas que...

Concessionária de serviços de saneamento fornece água em carros-pipa em locais afetados pelas chuvas

A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de saneamento em Cachoeiro, está prestando ajuda...

CRAS de Iconha vira pronto-atendimento para vítimas da chuva na região

Para garantir o atendimento à população do município de Iconha e região, o Centro...

A ocasião foi iniciada com fala das autoridades, seguida por uma explanação sobre o programa, conduzida pela Secretaria Municipal de Educação, depois perguntas e respostas e por fim a votação.

Um dos esclarecimentos apresentados, acerca dos procedimentos de adesão, foi que a decisão seria tomada a partir do resultado da votação e, que no caso de decisão favorável, o Poder Executivo efetuaria a parte burocrática junto ao Governo Federal pleiteando a adesão, sendo que o resultado final seria definido pelo MEC que, a princípio, contemplará apenas dois municípios no Estado em 2020.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O Prefeito Luciano Pingo destacou a importância da audiência pública. “É um momento importante para tirar nossas dúvidas, ainda mais hoje em dia, que temos que ter cuidado com as chamadas fake news, ou seja, notícias falsas”.

A votação foi feita através de voto simples, “sim” ou “não”, e o público foi dividido em três categorias, uma por funcionários e servidores, outra por responsáveis pelos alunos e a última de alunos maiores de 16 anos.

A contagem dos votos e divulgação do resultado foi feita assim que terminou a votação. Foram 99 votos a favor da adesão e três contra, sendo que na urna dos responsáveis pelos alunos houve 100% de aprovação.

Também compareceram à agenda os vereadores Paulinho do Eucalipto, Elias Cândido e Fábio Ambrósio.

Advertisement

Advertisement
Publicidade