Cidades

Banco de Alimentos de Cachoeiro já distribuiu 170 toneladas de mantimentos neste ano

COMPARTILHE
144

Nesta quarta-feira (16), é celebrado o Dia Mundial da Alimentação, data alusiva à fundação da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em que são incentivadas ações em prol da garantia da segurança alimentar e da erradicação da fome.

Educação e esporte ganham novos equipamentos em Bom Jesus do Norte

O prefeito de Bom Jesus do Norte, Marquinhos Messias, esteve na manhã desta quarta-feira...

Guaçuí realiza capacitação com agentes de endemias e comunitários de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Guaçuí realizou, na tarde desta quinta-feira (14),...

Confira os serviços municipais disponíveis no feriado em Cachoeiro de Itapemirim

A Prefeitura de Cachoeiro divulgou quais serviço vão funcionar nesta sexta-feira (15), feriado da...

Em Cachoeiro de Itapemirim, tem destaque nesta área o Banco de Alimentos, gerenciado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes). Somente neste ano, o equipamento público já distribuiu o equivalente a 177.081,61 quilos de gêneros alimentícios, para complementar a alimentação de pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional.

São atendidas, todo mês, 24 entidades socioassistenciais e 600 famílias cadastradas pelas políticas de assistência social básica e especial. Elas recebem verduras, legumes, frutas e outros itens, que auxiliam na garantia de uma alimentação mais saudável.

Continua depois da publicidade

Grande parte dos produtos distribuídos pelo equipamento é comprada dos 180 agricultores familiares inscritos no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o que contribui para gerar renda e trabalho no campo. O espaço também recebe doações de produtores.

Entidades

A nutricionista Mônica Massad Antunes Cerqueira, que trabalha no Hospital Materno Infantil Francisco de Assis, uma das instituições contempladas pelo Banco de Alimentos, avalia que as doações recebidas são fundamentais.

“Somos muito gratos. Os alimentos doados pela prefeitura são de muita qualidade e nos ajudam bastante a oferecer uma alimentação variada e saudável, rica em nutrientes, para os nossos pacientes”, declara.

Outra instituição mantida pelo equipamento da Semdes, o Lar Nina Arueira, localizado no bairro Santa Helena, abriga 24 idosos.

“Os alimentos que chegam para nós são ótimos, nos ajudam a proporcionar uma alimentação mais saudável. Além disso, conseguimos fazer uma economia significativa”, relata Jane Fernandes Coelho, que atua na entidade.

“Nossa gestão tem reforçado as ações desta política, que além de fazer chegar alimentação onde precisa, gera renda no campo, valorizando nossos agricultores familiares. São ações que estão de acordo com as orientações da FAO”, ressalta a secretária de Desenvolvimento Social, Maria Aparecida Stulzer.

Reforço das ações de segurança alimentar

As ações de segurança alimentar e nutricional de Cachoeiro de Itapemirim são referências no Espírito Santo e, recentemente, elas foram fortalecidas com a posse dos membros da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan-CI).

Como forma de reforçar o combate à fome e o desperdício de alimentos, o órgão ficará responsável por elaborar o Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Plamsan) e, ainda, ajudará a potencializar atividades, como hortas nas escolas e nas comunidades e palestras sobre educação alimentar e temas afins.

Publicidade