Nutrição e Boa Forma

Câncer de mama: elimine as dúvidas sobre a doença

COMPARTILHE
53
Advertisement
Advertisement

O câncer de mama é o segundo mais frequente no mundo, perdendo somente para o de pele, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). Neste ano, a estimativa é de 59.700 casos novos entre as mulheres.

Continua depois da publicidade

Um sinal é o nódulo, que surge na mama e é palpável. Então, as células malignas crescem a partir do tecido mamário. No entanto, há muitas dúvidas com relação a doença. Algumas, aliás, acabam mais atrapalhando que ajudando.

Causas

Genética é o único fator? Não. Se há incidência na família pode, sim, haver mais suscetibilidade. Entretanto, mesmo quem não tem nenhum caso familiar não está livre da doença. Se houver fatores de risco, como fumo, álcool e obesidade, a probabilidade.

Continua depois da publicidade

Cura

A probabilidade de cura é maior se o problema for identificado mais cedo? Sim. Se a doença estiver em estágio inicial, as chances podem chegar a 95%.

Idade

Advertisement
Continua depois da publicidade

É mais comum quando se chega aos 50 anos? Sim. Entretanto, isso não quer dizer que mulheres mais novas estão livres. Aliás, a partir dos 40 anos as mulheres devem fazer a mamografia uma vez por ano. Mas, se houve um caso na família, antecipe.

Gravidez

Gestante pode fazer mamografia? Não. No período da gravidez, é melhor evitar a mamografia. Mas, se houver alguma suspeita, pode-se fazer uma ultrassonografia para ter mais segurança e conforto. Portanto, consulte o seu médico.

Autoexame

Só o autoexame é suficiente? Não. Essa avaliação ajuda muito as mulheres. Entretanto, não elimina a necessidade da mamografia. Pode-se fazer o autoexame uma vez por mês ou caso perceba algo estranho. Mas não deixe de procurar um médico para fazer outros exames necessários.

Júnior Batista
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão. Todos os direitos reservados.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here