Geral

Polícia prende trio suspeito de roubo em Viracopos

COMPARTILHE
45
Advertisement
Advertisement

Três suspeitos de participação no assalto a um carro-forte no terminal de cargas do aeroporto de Viracopos foram presos no início da noite desta segunda-feira, 21, em Campinas, interior de São Paulo. Com eles, foram apreendidas uma metralhadora, uma pistola e drogas, além de uma quantia de R$ 14 mil em dinheiro. Um dos homens apresentava um ferimento à bala na perna, o que pode ser resultado do confronto com policiais durante o assalto, que ocorreu na quinta-feira, 17.

ANS consegue suspender medida que obrigava planos a cobrir teste de coronavírus

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) conseguiu na Justiça suspender efeitos da medida...

'Não atentei ao momento', diz Pontes sobre exoneração no Inpe

O ministro de Ciência e Tecnologia, o astronauta Marcos Pontes, tentou ontem minimizar as...

Após exonerar coordenadora do Inpe, Pontes anuncia novo controle de desmate

Um dia após exonerar a coordenadora da área que monitora o desmatamento da Amazônia,...

As prisões foram efetuadas por uma equipe do Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar, após denúncia anônima. Os homens estavam no apartamento de um condomínio, no Parque Jambeiro. Não houve resistência. Conforme a PM, o local tinha um sofisticado sistema de monitoramento remoto.

O imóvel está alugado para a irmã de um dos suspeitos, que não estava no imóvel. Os homens negaram participação no assalto, mas, segundo a PM, deram versões controversas sobre sua presença no local. Os três suspeitos seriam encaminhados à delegacia da Polícia Federal em Viracopos, que investiga o assalto.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

Assalto teve três suspeitos mortos e reféns

Na manhã da última quinta-feira, uma quadrilha fortemente armada invadiu o terminal de cargas do aeroporto e atacou um carro da Brinks, levando malotes com dinheiro. Os bandidos incendiaram caminhões sobre a rodovia Santos Dumont para facilitar a fuga. Houve perseguição e tiroteios. Três criminosos foram mortos e ao menos dez fugiram. Dois vigilantes da Brinks, um major da PM e uma mulher tomada como refém também ficaram feridos. Os malotes com dinheiro foram recuperados.

José Maria Tomazela
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.