Política Regional

STJ concede liberdade a ex-secretário de Assistência Social de Presidente Kennedy

COMPARTILHE
1040
Advertisement
Advertisement

Quase uma semana após conceder liberdade para a prefeita de Presidente Kennedy, Amanda Quinta Rangel, presa durante a Operação Rubi, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acatou nesta terça-feira (24), o pedido de habeas corpus em favor do ex-secretário de Assistência Social da cidade, Leandro da Costa Rainha.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Leandro foi preso no dia 10 de maio, dois dias depois de ter sido deflagrada a Operação Rubi  pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES), que investiga fraudes em contratos nas prefeituras de Presidente Kennedy, Piúma, Marataízes e Jaguaré.

De acordo com o advogado de Leandro, Ludgero Liberato, “a justiça foi feita, já que nunca houve qualquer motivo para a prisão de Leandro”, destacou.

Na Operação Rubi, a prefeita foi presa em sua casa, onde foi apreendida uma mochila com R$ 33 mil. Na ocasião, também foram presos o noivo da prefeita e ex-secretário de Desenvolvimento, José Augusto Paiva, que continua detido.

Continua depois da publicidade

Amanda estava presa no Centro de Detenção Provisória Feminino de Cachoeiro de Itapemirim desde o dia 8 de maio deste ano. Além da prisão, Amanda foi afastada do cargo. Seu vice, Dorley Fontão assumiu o Executivo desde então.

 

Advertisement
Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.