Segurança

Procurado por crimes no Sul do ES é preso se passando por motorista de aplicativo em Cachoeiro

COMPARTILHE
Divulgação Polícia Civil
18622

Um homem de 35 anos, que estava sendo procurado pela polícia por participar de uma associação criminosa que vinha realizando diversos roubos na região Sul do Espírito Santo, foi preso após uma denúncia nesta semana, em Cachoeiro.

Lavrador é atingido por golpes de punhal na varanda de casa em distrito de Mimoso do Sul

Um lavrador de 51 anos foi atingido por golpes de punhal, na tarde desta...

Três hectares de florestas são queimados em incêndio no Alto da Serra de Alegre

Um incêndio de grandes proporções queimou aproximadamente três hectares de florestas em Alegre. O...

Motorista morre ao cair em ribanceira em rodovia próximo a Brejetuba

Um acidente deixou uma vítima fatal na madrugada deste sábado (19) na Rodovia Antônio...

De acordo com a Polícia Civil, ele estava se passando por motorista de aplicativo, mas na verdade oferecia o transporte clandestino a passageiros em frente a um ponto de ônibus do Hospital Materno Infantil de Cachoeiro. O local é conhecido por essa prática e já foi alvo de operações da polícia e Guarda Municipal para coibir esse tipo irregularidade.

Foi uma das passageiras que denunciou Tiago Boechat Paiva, que possuía mandado de prisão preventiva pela Comarca de Rio Novo do Sul.

Continua depois da publicidade

Segundo a Delegacia Especializada de Investigações Criminais (DEIC) de Cachoeiro de Itapemirim, após divulgação de imagens de Tiago Boechat nos meios de comunicação, a denunciante o reconheceu numa “corrida” na qual ele dizia ser de um aplicativo de transporte.

Com a informação sobre o veículo que Tiago estava utilizando, os policiais o avistaram em frente ao Hospital Unimed de Cachoeiro na tarde da última segunda-feira (16) e foi dada ordem de prisão.

O esquema
No dia 26 de junho desse ano, policiais da Delegacia de Rio Novo do Sul e a Deic da 7° Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim realizaram uma operação para prender indivíduos envolvidos em diversos roubos na região Sul; entre eles dois roubos de veículos ocorridos em Rio Novo do Sul, latrocínio tentado ocorrido em frente ao Shopping Cachoeiro, roubo do Correios de Atílio Vivacqua, roubo de veículo no bairro Novo Parque e roubo de veículo no bairro Valão, entre outros em fase de investigação.

No dia da operação de cumprimento dos mandados de prisão, os policiais prenderam Glaudiney Pruchó Ribeiro, 26, vulgo Naldim, e Elvis de Souza Lima, 31. Na residência de Glaudiney, no bairro Village da Luz, foram apreendidos um revólver 38, municiado com 6 munições intactas e dois aparelhos de telefone celular.

De acordo com a PC, Glaudiney reagiu a prisão, tentou fuga e foi necessário uso da força para dominá-lo e prende-lo. Já na residência de Elvis, no bairro Nova Brasilia, foram apreendidos quatro munições calibre 32, o veículo Fiat Uno, cor branca, utilizado para cometer um dos roubos no município de Rio Novo do Sul e que era produto de roubo.

O terceiro integrante da quadrilha, Tiago, não foi localizado pelos policiais no dia da operação e desde então estava foragido.

Após a denúncia dele como suposto motrista de aplicativo, a prisão foi efetuada nesta semana e e ele foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro de Itapemirim.

Extensa ficha

Ainda Segundo a Policia Civil, Tiago tem inúmeras passagens por crimes de estelionato, furto, roubo e responde por mais de 12 processos criminais. Além desses crimes, a Polícia Civil está averiguando se Tiago possui licença para trabalhar como motorista de aplicativo.

A PC orienta aos usuários desse tipo de transporte, que acionem o serviço somente via aplicativo, pagando com cartão de crédito, pois existem em investigação da cidade vários motoristas trabalhando clandestinamente nessa função, o que torna muito perigoso para os usuários.

Publicidade