Segurança

Homem diz que atirou durante sequestro em Itapemirim e que só queria conversar com a ex

COMPARTILHE
Foto: Wanderson Amorim
1760

Em depoimento na Delegacia de Itapemirim, após se entregar na tarde desta segunda-feira (16), Thiago de Lima Costa, 36 anos, que sequestrou a ex-mulher Viviane dos Santos Scherrer, 43, na última sexta-feira (13), disse que “surtou” porque ela não queria conversar com ele.

Lavrador é atingido por golpes de punhal na varanda de casa em distrito de Mimoso do Sul

Um lavrador de 51 anos foi atingido por golpes de punhal, na tarde desta...

Três hectares de florestas são queimados em incêndio no Alto da Serra de Alegre

Um incêndio de grandes proporções queimou aproximadamente três hectares de florestas em Alegre. O...

Motorista morre ao cair em ribanceira em rodovia próximo a Brejetuba

Um acidente deixou uma vítima fatal na madrugada deste sábado (19) na Rodovia Antônio...

A informação é do delegado responsável pelo caso, Thiago Viana. De acordo com Viana, o homem disse que é muito apaixonadao pela vítima e que como ela negou os pedidos dele para conversarem, resolveu levá-la à força para que pudessem conversar.

Continua depois da publicidade

“Ele disse que é muito apaixonado pela mulher e que desde que ela terminou o relacionamento ele não conseguiu mais conversar com ela. No depoimento disse que tentou diversas vezes ter um diálogo para reatar o caso e, como a Vivivane tinha negado todos os seus pedidos de conversa, ele surtou e resolveu agir daquela maneira”, disse o delegado.

Ainda na ação, ele confessou para o delegado que obrigou o motorista e a outra funcionária da van a entrarem no mato e deu um tiro para o alto para amedrontá-los e em seguida fugiu com Viviane.

Viviane foi resgatada na tarde de sábado (14), após uma operação das polícias Civil e Militar, em uma mata na localidade de Córrego do Ouro, também em Itapemirim. Em depoimento, ela contou que o ex-marido a obrigou caminhar por cerca oito quilômetros por um local de difícil acesso.

A monitora foi sequestrada na última sexta-feira (13), quando seguia para o trabalho de monitora em uma van escolar. Ela contou ao delegado que pegava carona com a van frequentemente, para ir de casa até a região onde ela iniciava a própria rota.

Naquela tarde, o veículo foi interceptado por um carro com três ocupantes, na localidade de Santo Amaro, em Itapemirim. O ex-marido da vítima desembarcou e, com uma arma de fogo, rendeu a monitora, a obrigando a entrar no carro.

Segundo a filha mais velha de Viviane, ela e a mãe possuem medidas protetivas contra Thiago, após ele afirmar que mataria a ex-mulher e as filhas dela. A Jovem, de 21 anos, conta, ainda, que o ex-padrasto sempre foi uma pessoa boa, mas que há algum tempo, passou a demonstrar ciúme excessivo, motivo que levou ao fim do relacionamento de cerca de um ano e meio.

Ainda segundo a moça, o casal está separado há duas semanas. Em outra ocasião, Thiago levou Viviane para um canavial, e lá, avisou que se ela não reatasse com ele, a mataria.

Durante as diligências, o motorista do carro foi preso em flagrante. Janderson Alves Pereira, 31 anos, é proprietário do veículo usado no sequestro e confirmou, em depoimento, que dirigia no momento do crime. Na residência dele, a polícia encontrou duas armas de fogo.

Janderson foi autuado em flagrante por sequestro e posse ilegal de arma de fogo, e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Marataízes (CDP).

Thiago foi encaminhado para o CDP após prestar depoimento

Publicidade