Cidades

Educação é a área com melhor desempenho na administração de Conceição do Castelo

COMPARTILHE
139

Na sequência de reportagens sobre a avaliação da administração do prefeito de Conceição do Castelo, Christiano Spadetto (MDB), feita pelo Instituto Solução, o AQUINOTICIAS.COM apresenta o desempenho de alguns setores no município.

Oportunidade: 18 vagas de emprego no Sine Anchieta nesta segunda

A Agência do Sine de Anchieta está com 18 vagas de emprego nesta segunda-feira...

Hospitais de Cachoeiro de Itapemirim abrem processo seletivo para contratação 

Dois hospitais de Cachoeiro de Itapemirim estão contratando PCD – pessoa portadora de deficiência...

Primavera começa com tempo instável em todo Espírito Santo

Nesta segunda-feira (23), dia que marca o início da primavera no Hemisfério Sul, o...

A maioria das áreas pesquisadas tiveram aprovação de grande parte do público entrevistado entre os dias 4 e 5 deste mês. A exceção vai para a área da saúde, que envolve, além da atuação da Prefeitura, os governos Estadual e Federal.

A educação de Conceição do Castelo é considerada boa ou ótima por 45,77% dos entrevistados; 42,54% a consideram regular. Apenas 9,21% disseram que é ruim ou péssima.

Continua depois da publicidade

Apenas 17,66% consideram a saúde do município boa ou ótima; outros 24,38% dizem que é regular; e para 57,22% é ruim ou péssima.

A área de desenvolvimento social é aprovada por 41,54%; 34,58% dizem que é regular; e 20,64% afirmam que é ruim ou péssima.

Quando o assunto é agricultura e estradas rurais, 27,36% dos entrevistados sinalizam para boa ou ótima; 32,59% consideram regular; e 34,83% afiram ser ruim ou péssima.

A gestão das áreas de turismo e cultura é considerada boa ou ótima por 30,01% da população; Para 24,13% é regular; 39,08% afirmam que é preciso melhorar.

A segurança pública de Conceição do Castelo é considerada boa ou ótima por 44,53% dos entrevistados. Outros 33,58% dizem ser regular; e 20,65% afirmam que essa é uma área que precisa de mais atenção do poder público.

*Foram ouvidas nesta pesquisa 402 pessoas nas áreas urbana e no interior da cidade. A margem de erro é de 4.77 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Publicidade