Cidades

Colônia de Pescadores da Prainha, em Vila Velha, vai receber obra de drenagem e pavimentação

COMPARTILHE
95
Advertisement
Advertisement

Uma demanda que surgiu dos próprios pescadores de Vila Velha vai sair do papel. O prefeito Max Filho vai assinar a ordem de serviço das obras de urbanização, terraplagem, drenagem e pavimentação do estacionamento da Colônia de Pescadores. A cerimônia ocorre na próxima quinta-feira (5), às 9 horas, no pátio da própria colônia, no Parque da Prainha.

Selo de turismo atesta o combate ao coronavírus em nove municípios da Região Serrana do ES

Com o objetivo de organizar e integrar a retomada do fluxo turístico em nove...

Caixa abre 12 agências no ES neste sábado (6) para pagamento de auxílio emergencial; veja os locais

A Caixa vai abrir, neste sábado (6), 12 agências no Espírito Santo para atendimento...

Após servidor confirmado com Covid-19, secretarias de Meio Ambiente e Agricultura são desinfectadas em Cachoeiro

Após a confirmação de que um servidor da Secretaria de Meio Ambiente de Cachoeiro...

Primando por uma gestão democrática, a ação foi discutida com representantes do setor por meio da Coordenação de Agricultura e Pesca, ligada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

“A Prefeitura entende que a região da Prainha, onde estão as peixarias, é um entreposto tradicional e consolidado para o comércio de pescado na cidade. Entendemos que há necessidade de dar condição para que os visitantes e moradores tenham acesso com melhor qualidade ao local”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, André Almeida.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Segundo ele, a expectativa é que a iniciativa impulsione ainda mais o comércio de pescados na cidade. A obra tem prazo de execução de 60 dias e o investimento próprio será de R$ 96.957,50. A empresa responsável pela urbanização, terraplagem, drenagem superficial e pavimentação será a CAJ Construções e Serviços Eireli ME.

Representantes dos pescadores da cidade elogiaram a ação. Segundo o presidente da Colônia de Pesca Z2, Enivaldo Dare, a ação era necessária, já que diversas pessoas frequentam o local. “Muitos vêm comprar peixe, visitar o Convento, ver as embarcações. É um dos locais mais visitados da cidade e onde vêm muita gente de fora do Estado. Isso vai valorizar a região”, diz.

Já o capitão Romildo Silva, da Associação de Pescadores de Vila Velha, considera: “A obra é importante e o prefeito está aplicando bem os nosso impostos”.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.