Segurança

Assassino do empresário da Blink Jeans é condenado a 18 anos de prisão

COMPARTILHE
4125
Advertisement
Advertisement

Dalton Leonardelli, assassino do empresário da rede de lojas Blink Jeans Ueliton Mattos, foi condenado a 18 anos de prisão em regime fechado. A decisão foi proferida no início da noite desta quinta-feira (12) após julgamento iniciado às 9h no Fórum de Ibitirama.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Leonardelli já estava preso desde 2016, no Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro (CDP).  O crime aconteceu na zona rural do município, em agosto de 2013.

A vítima foi morta com dois tiros, por volta das 22 horas do dia 3 de agosto, quando chegava em uma de suas propriedades, na localidade de Pratinha do Juscelino. Na época, Ueliton comandava 23 lojas em todo o país e tinha quatro fábricas, duas delas instaladas em Guaçuí e em Cariacica.

O suspeito de executar a vítima foi preso em 2016, em Guaçuí, durante operação especial da Polícia Civil. Um cerco foi montado na BR 482, em um dos acessos da cidade.

Continua depois da publicidade

Mais detidos

Outras seis pessoas envolvidas na morte do empresário já haviam sido detidas pela polícia no mesmo ano do crime. Entre os presos estava o gerente da loja Blink Jeans de Guaçuí e responsável pelos cuidados da fazenda do empresário. Na residência dele, do irmão e de um sobrinho, os policiais encontraram várias armas e algumas delas de uso restrito da polícia. O revólver que teria sido usado no crime estava na caixa d’água do irmão do gerente.

 

Advertisement
Continua depois da publicidade

 

Advertisement