Política Regional

Amanda Quinta deixa prisão mas continua afastada da Prefeitura de Presidente Kennedy 

COMPARTILHE
1339

Amanda Quinta (PSDB), prefeita afastada de Presidente Kennedy, deixou o Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPFem), em Cachoeiro de Itapemirim, na tarde desta quarta-feira (18), por volta das 17h.

STJ nega pedido de liberdade a assassino de ex-governador do Espírito Santo, Gerson Camata

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou na noite desta quarta-feira (16) pedido do...

Irupi é o primeiro município do Caparaó a implantar projeto “Câmara sem Papel”

A Câmara Municipal de Irupi implantou nesta semana o projeto “Câmara sem Papel”, com...

Em seu dia, professores conduzem sessão ordinária na Câmara de Cachoeiro

Nesta terça-feira (15),  Dia do Professor, o presidente da Câmara de Vereadores de Cachoeiro,...

Amanda foi presa no dia 8 de maio, durante a Operação Rubi, deflagrada pelo Ministério Público, que apurou esquema de fraude em licitações e pagamento de propina em Kennedy, Marataízes, Jaguaré e Piúma.

Mesmo com o alvará de soltura expedido pelo Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), a Chefe do Executivo deve cumpri várias restrições, entre elas a de ficar, pelo menos, 100 metros de distância da prefeitura, proibição de utilizar qualquer bem relativo ao cargo, não manter contato com os envolvidos na operação, não ficar fora de casa de 22h às 6h, e deverá comparecer mensalmente ao juízo para informar e justificar suas atividades. Ela também está proibida de se ausentar do município onde mora por mais de cinco dias, salvo quando autorizada pela Justiça.

Continua depois da publicidade

A soltura foi decisão unânime do Superior Tribunal de Justiça (STJ) na última terça (17), após pedido de habeas corpus, feito pelo advogado Altamiro Thadeu Sobreiro, que também defende o noivo de Amanda, José Augusto, secretário de Desenvolvimento Econômico de Kennedy, preso no mesmo dia em que a companheira e levado para o Centro de Detenção Provisória Viana.

O ministro Antônio Saldanha Palheiro, relator do caso, decidiu substituir a custódia preventiva por medidas cautelares. Amanda Quinta fica afastada, porém, continua recebendo salário. Em quanto isso, quem assume a prefeitura é Dorlei Fontão (PSD), vice-prefeito do município.

 

Publicidade