Esporte Nacional

Com gol de Firmino, Liverpool vence o Chelsea em Londres e segue 100% no Inglês

COMPARTILHE
12

Atual campeão europeu, o Liverpool segue arrasador no Campeonato Inglês. Na sexta partida pelo torneio nacional nesta temporada, o time treinador pelo alemão Jurgen Klopp conquistou seu sexto triunfo ao superar o Chelsea neste domingo, por 2 a 1, em Londres.

Com pênalti marcado pelo VAR, Corinthians busca empate com o Goiás no final

Com caras novas em relação às últimas partidas, o Corinthians contou com um pênalti...

Na estreia de Valentim no Botafogo, Vasco vence rival e abre folga para a degola

Em um clássico sem muita técnica, mas disputado com enorme disposição, o Vasco derrotou...

Correção: Cruzeiro encerra jejum e impõe 1ª derrota a Fernando Diniz no São Paulo

A matéria enviada anteriormente continha um erro no primeiro parágrafo. O jejum de vitórias...

O lateral-direito inglês Alexander-Arnold e o atacante brasileiro Roberto Firmino fizeram os gols dos visitantes, enquanto o volante francês N’Golo Kanté descontou para os donos da casa, em bela jogada individual.

Com a vitória no Stamford Bridge, o Liverpool chega a 15 vitórias consecutivas no Inglês – considerando as partidas da última edição do torneio – a segunda melhor marca da história da competição. Apenas o Manchester City do espanhol Pep Guardiola registrou mais triunfos em sequência (18).

Continua depois da publicidade

O resultado deixa o time de Firmino e companhia com 18 pontos, cinco a mais que o Manchester City, que goleou o Watford por 8 a 0, em casa, neste sábado. O Chelsea, por sua vez, parou nos oito pontos e caiu para o 11º lugar.

o Liverpool não se abateu pela derrota na estreia da Liga dos Campeões para o Napoli e foi cirúrgico no confronto contra o Chelsea, especialmente no primeiro tempo, no qual saíram os gols do líder do campeonato. O time de Klopp esteve longe de repetir suas melhores atuações, mas soube se defender e teve eficiência.

O placar foi inaugurado aos 14 minutos, na primeira finalização da partida. Em cobrança de falta na entrada, Mohamed Salah rolou para Arnold, que bateu certeiro no ângulo esquerdo do goleiro espanhol Kepa.

Aos 27, o Chelsea chegou a empatar, mas o gol foi anulado: depois de bate-rebate, o lateral-direito espanhol Azpilicueta empurrou para a rede do compatriota Adrián, mas o meia inglês Mason Mount foi flagrado em impedimento no início da jogada, conforme apontou o árbitro de vídeo (VAR).

Três minutos depois, o Liverpool castigou os donos da casa ao ampliar a vantagem: em cobrança de falta pela esquerda, Salah rolou para o lateral-esquerdo escocês Robertson, que cruzou na cabeça de Firmino.

No segundo tempo, o Chelsea voltou com mais ímpeto ofensivo e levou reiterado perigo à meta de Adrian. Aos 26, o clube londrino foi premiado com o gol em grande jogada de Kanté: o francês recebeu pela intermediária direita, costurou a defesa adversária e bateu no ângulo esquerdo do gol, sem chances para o goleiro.

Depois de descontar, o time de Lampard se animou e foi com tudo em busca do empate, encurralando os comandados de Klopp. Entretanto, apesar de boas chances nos minutos finais, o Chelsea não foi capaz de empatar, sucumbindo ao bom momento do Liverpool no torneio.

VIRADA DO ARSENAL – Em outro jogo pela sexta rodada do torneio, o Arsenal venceu o Aston Villa por 3 a 2, no Emirates, em Londres. A partida contou com uma virada impressionante dos donos da casa, que jogaram com um a menos desde o fim do primeiro tempo.

O Villa saiu na frente com o meia escocês John McGinn, que abriu o marcador aos 20 minutos de jogo. Aos 41, o lateral-direito inglês Ainsley Maitland-Niles tomou o segundo amarelo e foi para o chuveiro. Aos 14 do segundo tempo, de pênalti, o Arsenal empatou: o ponta Nicolas Pépé, da Costa Marfim, foi para a batida e converteu.

No minuto seguinte, o Villa voltou à vantagem com gol do atacante brasileiro Wesley. Entretanto, os visitantes não foram capazes de sustentar a vantagem, mesmo com um a mais.

Aos 36, o zagueiro inglês Callum Chambers igualou o placar e animou o time da casa. Embalada, a equipe londrina sacramentou a virada com o atacante gabonês Pierre-Emerick Aubameyang. Com o resultado, o Arsenal fica em quarto, com 11 pontos e o Aston Villa fica no 18º lugar, com quatro pontos.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade