Variedades

Game of Thrones lidera indicações para o Emmy 2019

COMPARTILHE
60
Advertisement
Advertisement

Considerado o “Oscar da televisão”, o prêmio Emmy será realizado neste domingo, 22, em Los Angeles, nos Estados Unidos – no Brasil, a cerimônia será exibida pela TNT a partir das 21h. Favorita absoluta, a série “Game of Thrones”, da HBO, concorre em 32 categorias – um recorde na história da premiação.

MIS 50 anos

Nascido da ideia de preservar parte da memória paulista, o MIS - Museu da...

John Malkovich estreia 'Space Force'

Aos 66 anos, John Malkovich se surpreendeu ao ver duas pessoas compartilhando uma pizza....

Adriana Calcanhotto lança 'Só', com canções do isolamento

Adriana Calcanhotto estava com passagem marcada para voltar a Portugal, onde dá aulas na...

Com mais de 100 categorias, o Emmy é dividido em duas partes. Na primeira, voltada às artes criativas, são anunciados os vencedores de categorias técnicas, como melhor composição musical e melhor elenco de uma série dramática. A grande vencedora desta primeira etapa, realizada nos últimos sábado, 14, e domingo, 15, foi GoT, que levou para casa dez prêmios.

O bom desempenho da série na premiação não é novidade. Desde o seu lançamento, em 2011, “Game of Thrones” conquistou 47 estatuetas Emmy, tornando-se a maior vencedora da história. Em 2015, com a quinta temporada, a série faturou 12 prêmios em uma única edição – marco que deve ser ultrapassado neste domingo.

Advertisement
Continua depois da publicidade

É a última vez que “Game of Thrones” competirá no Emmy, já que a série se encerrou em junho deste ano. O controverso último episódio da produção, “The Iron Throne”, concorre a um dos principais prêmios da noite: o de roteiro.

Boa parte das indicações da série vem da atuação de seu elenco. Kit Harington (Jon Snow) e Emilia Clarke (Daenerys Targaryen) concorrem nas categorias de melhor ator e atriz em uma série de drama, pelos episódios “The Iron Throne” e “The Last of The Starks”, respectivamente.

Lena Headey (Cersei Lannister), Sophie Turner (Sansa Stark), Maisie Williams (Arya Stark), Nikolaj Coster-Waldau (Jaime Lannister) e Peter Dinklage (Tyrion Lannister), por sua vez, foram indicados para os prêmios de melhor ator/atriz coadjuvantes em uma série de drama.

Mais três atores de GoT concorrerão aos prêmios. Sem receber indicação da HBO, Alfie Allen (Theon Greyjoy), Gwendoline Christie (Brienne de Tarth) e Carice Van Houten (Melisandre) se autoinscreveram para o prêmio, pagando uma taxa de US$ 225 (R$ 840).

Advertisement

Apesar do favoritismo, “Game of Thrones” não deve ter um caminho fácil. Muitas séries premiadas, como “The Big Bang Theory” e “Veep”, também chegaram ao final neste ano. Além disso, as sequências de “The Marvelous Mrs. Maisel” e “Fleabag”, da Amazon, também estão bem cotadas.

Vencedora de melhor série de comédia em 2018, “The Marvelous Mrs. Maisel” recebeu 20 indicações para o Emmy 2019. Ela lidera a competição dentro do gênero. Já “Fleabag” concorre em 9 categorias.

O destaque fica por conta da minissérie limitada da HBO, “Chernobyl”, lançada neste ano e bem recebida por público e crítica. Em formato de ficção, a produção reconta o desastre na usina nuclear russa. A série, que conta com o ator Jared Harris (“The Crown”), foi indicada em 19 categorias do Emmy.

Prévias

As prévias do Emmy também renderam prêmios ao documentário “Free Solo” e à série limitada “Chernobyl”, que levaram sete estatuetas cada. O documentário “Leaving Neverland” venceu um prêmio e RuPaul foi eleito melhor apresentador de reality show.

Beyoncé, que ganhou seis indicações com seu documentário “Homecoming”, voltou para casa de mãos vazias. O desenho “Os Simpsons” levou a estatueta de melhor série de animação, enquanto a série “Queer Eye” venceu quatro prêmios da noite.

Evento

Neste ano, os produtores da transmissão televisiva do prêmio Emmy decidiram realizar a cerimônia sem um apresentador. A escolha segue o Oscar, que também optou pelo mesmo modelo em sua última edição.

A justificativa é que, sem um apresentador, a cerimônia poderá dedicar mais tempo à celebração de séries populares que acabaram recentemente, afirmou um executivo da Fox, canal responsável pela transmissão nos Estados Unidos, em agosto.

No Brasil, o Emmy será transmitido na televisão e na internet pela TNT. Na TV paga, a exibição ao vivo tem início às 20h, antes da cerimônia. Haverá uma reprise na próxima segunda-feira, 23, na grade de programação da manhã. Na internet, a TNT exibe o evento no aplicativo TNTPlay, disponível para Android e iOS. A transmissão começa às 19h, com a cobertura do tapete vermelho.

A emissora também vai exibir a cerimônia em uma live, que será transmitida no YouTube e no Twitter. O apresentador Didi Effe comanda a programação, acompanhado de convidados especiais. As lives começam às 20h. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Thaís Ferraz, especial para o Estado
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.