Cidades

Palestra sobre educação étnico-racial tem inscrições abertas em Cachoeiro

COMPARTILHE
100
Advertisement
Advertisement

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) de Cachoeiro de Itapemirim abriu inscrições para uma palestra sobre Educação Étnico-racial, que será realizada na próxima quarta-feira (21), às 19h, no auditório da escola municipal “Zilma Coelho Pinto”, no bairro Ferroviários.

Quinta-feira (20) de sol e algumas nuvens em todo Espírito Santo

Quinta-feira (20), o sol aparece entre algumas nuvens, em todo o Espírito Santo. Chove...

Feirão da Solidariedade em Cachoeiro termina nesta quinta (20)

Ainda há tempo para os consumidores aproveitarem os ótimos preços do “Feirão da Solidariedade”,...

Sobrevivente da queda de aeronave em Guarapari está em estado gravíssimo; veja quem são as vítimas

Os ocupantes que estavam na aeronave de pequeno porte que caiu em Guarapari na...

Podem participar profissionais da área de educação e qualquer cidadão que tenha interesse em conhecer mais sobre o assunto. As inscrições devem ser realizadas por meio do endereço eletrônico: http://bit.ly/livro-vozes-negras.

A palestra será conduzida pelo doutor em educação e professor do Centro de Educação da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Gustavo Henrique Araújo Forde, autor do livro “Vozes Negras na História da Educação: racismo, movimento negro e educação no Espírito Santo (1978-2002)”, que será lançado no evento.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“O livro visa contribuir para o preenchimento de lacunas historiográficas com relação à presença da população negra na educação capixaba e sobre o protagonismo social dos movimentos negros na história da educação capixaba. Por isso, é uma referência para estudantes, professores, pesquisadores, estudiosos, produtores culturais, artistas e ativistas sociais interessados nessa temática”, explica Forde, que é membro do Núcleo Capixaba de Pesquisa em História da Educação e do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Ufes.

“Meu desejo é contribuir para a formação de professores com referência à presença da população negra na construção sócio-histórica e educacional do Espírito Santo”, complementa o professor.

O evento faz parte da programação do curso gratuito “Educação Étnico-racial: Desafios para o campo do currículo em ‘tempos pós’”, ofertado pela Seme, que está em andamento desde abril deste ano e que tem por objetivo proporcionar aos educadores da rede municipal de ensino aportes para o acompanhamento e a compreensão dos conteúdos relacionados às relações étnico-raciais, debatendo os aspectos referentes à cultura, ao imaginário social e à construção de representações sociais.

“Essa palestra é de extrema relevância para a educação. Estudar sobre a questão étnico-racial é promover um resgate da história, contribuir para o entendimento da complexa construção da sociedade. Uma pauta necessária na formação de professores”, avalia a secretária municipal de Educação, Cristina Lens.

Advertisement

Advertisement