Cidades

Margem do rio Itapemirim recebe ação de limpeza

COMPARTILHE
Divulgação PMCI
88
Advertisement
Advertisement

Cerca de 50 caminhões de entulho já foram retirados da margem do rio Itapemirim, pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), em ação de limpeza iniciada há uma semana na avenida Carlos Lindemberg, que corta os bairros Novo Parque e Rubem Braga.

Continua depois da publicidade

Restos de materiais de construção, plástico, lixo orgânico, folhas e galhos secos foram alguns dos resíduos recolhidos pelas equipes que trabalham com maquinário pesado no local.

Na ação, a Semsur conta com a colaboração das secretarias municipais de Meio Ambiente, de Desenvolvimento Urbano e da Defesa Civil, para orientação dos moradores da região sobre ocupação irregular e descarte de lixo na área.

De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, Vander Maciel, a ação marca o início de um trabalho de revitalização da área, que, em uma etapa futura, incluirá melhorias no calçadão e no ginásio localizado na avenida (já no bairro Rubem Braga) e oferta de atividades esportivas no espaço, a partir de parceria entre as secretarias municipais de Obras e Esporte e Lazer.

Continua depois da publicidade

“Todos esses setores estão empenhados em recuperar essa área tão importante, e a comunidade abraçou esse projeto. Esse apoio é fundamental, porque só alcançaremos os resultados desejados se houver uma mudança de comportamento dos moradores em relação ao descarte do lixo, se houver um compromisso de todos para mantermos nossa cidade limpa”, afirma Maciel.

Ouvidoria

Os moradores de Cachoeiro podem acionar a Ouvidoria Geral para fazer sugestões, elogios, solicitações e reclamações relacionados aos serviços públicos na cidade. O órgão pode ser acionado pelos telefones 156, por e-mail ([email protected]) ou pelo site cachoeiro.es.gov.br/ouvidoriageral.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].