Política Regional

Jonas é oficialmente lançado pré-candidato a prefeito de Cachoeiro: “acreditamos que existe muito a intenção de renovação”

COMPARTILHE
728
Advertisement
Advertisement

/com informações Wanderson Amorim

Continua depois da publicidade

 

A nova executiva municipal do PSL tomou posso na noite desta sexta-feira (30) no plenário da Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim. Durante o evento foi anunciada a pré-candidatura de Jonas Nogueira, que se filiou ao partido no evento, a prefeitura do município.

O encontro foi marcado pela presença do presidente da executiva estadual, Carlos Manato, da deputada federal Soraya Manato, dos deputados estaduais Capitão Assunção e Torino Marques, além de lideranças políticas e vereadores da cidade.

Continua depois da publicidade

Jonas Nogueira comentou sobre a decisão de participar das eleições de 2020 e também sobre a filiação ao PSL. Ele disse que é um momento muito importante e se sente muito honrado por ter sido convidado pelo presidente partido. “Nós acreditamos muito que existe uma intenção de renovação e o desejo do povo de alguém com experiência e que possa colaborar um pouco mais com a administração. Nós temos muito a construir pela cidade”, afirma Nogueira.

O pré-candidato disse que vai utilizar o conhecimento e a experiência do grupo para construir um plano de governo e um novo projeto para Cachoeiro de Itapemirim. “Para Cachoeiro para voltar a ter pujança econômica, política e de desenvolvimento temos que fazer além do básico, buscar recursos, articulações e pessoas que tenham visão macro do município. Um gestor de uma cidade com o porte de Cachoeiro não pode ser apenas um gerente operacional do dia a dia. É o comprometimento de várias forças intelectuais que temos na cidade e apresentar o projeto para a população”, destaca.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Nogueira falou sobre a busca de alianças e a procura de um pré-candidato a vice-prefeito para incorporar o grupo. “O nosso foco hoje é a linda centro-direita. Nós vamos conversar com os partidos para fazer um bloco centro-direita. Não temos interesse em fazer um bloco com todos os partidos e fazer uma miscelânea, porque acho que isso acaba desvirtuando aquilo que o partido defende e acredita”, conclui o pré-candidato.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.