Cidades

Instituto responsável por concurso público com 1,5 mil vagas em Vila Velha é escolhido

COMPARTILHE
368

O Instituto de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) será o responsável por elaborar e aplicar o concurso público para ocupação de 1.500 cargos efetivos, em diversas áreas, da Prefeitura de Vila Velha. Os salários podem chegar a R$ 4.536,00, além de vantagens, para carga horária de 20 a 40 horas semanais.

Primavera começa com tempo instável em todo Espírito Santo

Nesta segunda-feira (23), dia que marca o início da primavera no Hemisfério Sul, o...

Sine de Cachoeiro oferta 19 vagas de emprego nesta segunda-feira (23)

A segunda-feira (23) começa com 19 vagas de emprego no Sine de Cachoeiro de...

Oferta para vaga de emprego para Auxiliar de Suporte de TI em Cachoeiro

Uma empresa de grande porte de Cachoeiro de Itapemirim está com uma vaga aberta...

As vagas são para professores, profissionais da saúde e quadro administrativo, inclusive do Instituto de Previdência do município.

O resultado da empresa ganhadora da licitação está disponível no Diário Oficial desta quinta-feira (22). Oito empresas participaram da seleção, que teve abertura das propostas em 8 de julho. A partir daí, foram analisadas documentações até o resultado final.

Continua depois da publicidade

Segundo o secretário municipal de Administração, Rafael Gumiero, o próximo passo será a consolidação de um contrato para, a partir daí, elaborar e publicar o edital (podendo haver mais de um, diferenciando áreas) com todo o cronograma oficial do processo seletivo e detalhamento sobre conteúdo das provas.

“Há alguns pontos que precisam ser discutidos, inclusive o conteúdo específico e a melhor forma de aplicação das provas. Afinal, este será o maior concurso em âmbito municipal dos últimos anos em Vila Velha”, explicou o secretário. Gumiero adianta que a intenção é que o edital seja disponibilizado até novembro deste ano.

Entre os cargos de nível superior, estão: professores; pedagogos; médicos; enfermeiros; dentistas; fisioterapeutas; fonoaudiólogos; psicólogos, nutricionistas; administradores; contadores; arquitetos; engenheiros; geólogos, arquivistas; advogados; entre outros que serão detalhados no edital.

Publicidade