Segurança

Homem é preso em Piúma por estuprar enteada dos 9 aos 12 anos

COMPARTILHE
2995

Um homem, de 35 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (21), em Piúma, acusado de estuprar a enteada, dos 9 aos 12 anos. A Polícia Civil entrou no caso após uma pessoa ir à delegacia fazer a denúncia, após a vítima, hoje com 18 anos, contar sobre os abusos.

Homem desaparece após cair de embarcação no rio Itapemirim em Marataízes 

Moradores acionaram Corpo de Bombeiros na tarde deste domingo (22), depois que um homem,...

Homem é morto a tiros em Marataízes 

Um homem, identificado como Valdivino Pereira, foi morto a tiros na tarde deste domingo...

Guarda Municipal de Marataízes recupera moto roubada em Guarapari 

Uma moto roubada em Guarapari foi recuperada na tarde deste domingo (22), em Marataízes,...

De acordo com a PC, a menina relatou que era frequentemente estuprada pelo padrasto e que, quando já não mais suportava a situação, escreveu uma cartinha pedindo desesperadamente a mãe para ir morar com a avó.

A jovem relatou a polícia que o homem furava buracos nas paredes dos banheiros das casas onde morava para olhar a menina tomar banho. A violência deixou marcas emocionais e psicológicas na vítima, que hoje passa por tratamentos devido os traumas que sofre.

Continua depois da publicidade

A mãe da jovem contou que em uma determinada época chegou a desconfiar do marido com quem vive há 17 anos. Ela presenciou o marido olhando a menina tomar banho pelo buraco na parede que ele havia feito. Após aquele momento, ela passou a vigiar o marido e chegou a questioná-lo e, mas o homem afirmou que as desconfianças “era coisa da cabeça dela”. A filha nunca revelou os abusos a mãe, nem mesmo os motivos de querer sair de casa.

A polícia suspeita, ainda, que o homem tenha abusado sexualmente dos dois filhos, uma vez que, um menino da união dele com a mãe da jovem, de cinco anos, contou que o pai dava banho nele, lavava o ‘bumbum e o piu piu’ e pedia que a criança também lavasse o pênis dele. As crianças foram encaminhas a exame de corpo e delito, mas não ficou constatado estupro.

O suspeito chegou a fugir de Piúma para Campos dos Goytacazes/RJ, quando tomou conhecimento de que estava sendo denunciado por estupro.

Em Campos ele se escondeu em uma favela, porém, o delegado David Gomes Santana já de posse de um mandado de prisão foi até a cidade de Campos para prendê-lo, mas ele fugiu de volta a Piúma, pois quando os bandidos da favela campista souberam que havia lá um estuprador fugitivo da PC mandaram logo um recado, com medo, o sujeito voltou a Piúma e foi preso em casa.

O homem foi detido e encaminhado ao presídio Xuri em Vila Velha onde ficará aguardando o julgamento.

Com informações, Espírito Santo Notícias 

Publicidade