Segurança

Homem é preso após furtar palmitos em extinção em Vargem Alta

COMPARTILHE
Divulgação PM
617

Um homem de 36 anos foi preso nessa terça-feira (20), em Castelinho, localidade de Vargem Alta, após furtar palmitos da espécie Jussara. A palmeira está na lista das espécies em extinção e tem a extração proibida.

Homem desaparece após cair de embarcação no rio Itapemirim em Marataízes 

Moradores acionaram Corpo de Bombeiros na tarde deste domingo (22), depois que um homem,...

Homem é morto a tiros em Marataízes 

Um homem, identificado como Valdivino Pereira, foi morto a tiros na tarde deste domingo...

Guarda Municipal de Marataízes recupera moto roubada em Guarapari 

Uma moto roubada em Guarapari foi recuperada na tarde deste domingo (22), em Marataízes,...

De acordo com a PM, populares denunciaram o furto. A polícia seguiu até o local e após buscas na região localizou o suspeito. Com o homem, estavam três caules do palmito. Ele  foi conduzido à Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim.

A extração do palmito Jussara é proibida devido ao fato da palmeira precisar de seis a nove anos para produzir sementes. A retirada do caule que ainda estão em florescimento ou frutificação impede que a árvore reproduza as sementes e complete seu ciclo, entrando na lista das espécies em extinção.

Continua depois da publicidade

Ainda segundo a PM, denúncias como estas são comuns, o que indica que parte da população não está respeitando as leis ambientais.

A pena para este crime pode variar de um a três anos de reclusão, além de multa.

Publicidade