Segurança

Homem é preso após furtar palmitos em extinção em Vargem Alta

COMPARTILHE
Divulgação PM
646
Advertisement
Advertisement

Um homem de 36 anos foi preso nessa terça-feira (20), em Castelinho, localidade de Vargem Alta, após furtar palmitos da espécie Jussara. A palmeira está na lista das espécies em extinção e tem a extração proibida.

Vídeo mostra momento exato de queda de avião em Guarapari; uma morte foi confirmada

Uma câmera de videomonitoramento flagrou o momento exato da queda de uma aeronave de...

Plantação de maconha é localizada pela PM em Dores do Rio Preto; veja fotos

Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar a apreender uma plantação de maconha na...

Aeronave cai em cima de casa em Guarapari e uma pessoa morre; veja vídeo e fotos

Uma aeronave de pequeno porte caiu sobre um imóvel usado como depósito de uma...

De acordo com a PM, populares denunciaram o furto. A polícia seguiu até o local e após buscas na região localizou o suspeito. Com o homem, estavam três caules do palmito. Ele  foi conduzido à Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim.

A extração do palmito Jussara é proibida devido ao fato da palmeira precisar de seis a nove anos para produzir sementes. A retirada do caule que ainda estão em florescimento ou frutificação impede que a árvore reproduza as sementes e complete seu ciclo, entrando na lista das espécies em extinção.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Ainda segundo a PM, denúncias como estas são comuns, o que indica que parte da população não está respeitando as leis ambientais.

A pena para este crime pode variar de um a três anos de reclusão, além de multa.

Advertisement