Espírito Santo

Com tema super heróis, detentos produzem perucas e doam a crianças com câncer no ES 

COMPARTILHE
290
Advertisement
Advertisement

O mundo dos personagens infantis foi a proposta pensada pela Penitenciária de Segurança Média 1 (PSME1) para levar solidariedade às crianças que fazem tratamento contra o câncer no Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória. O projeto, que leva o título “Mundo Encantado”, foi concebido há seis meses com o objetivo de doar perucas criadas a partir de personagens dos quadrinhos, Disney e da literatura brasileira.

Novo Mapa de Gestão de Risco entra em vigor nesta segunda (6) em todo o ES

Nesta segunda-feira (6) entra em vigor o 12º Mapa de Risco COVID19 do Espírito...

Governador do ES faz pronunciamento nesta sexta; acompanhe

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, realiza pronunciamento em redes sociais nesta sexta-feira...

Volta às aulas no ES só com todas as garantias, pedem entidades

O retorno às aulas das redes públicas e privadas em todos os níveis de...

Super-heróis como Hulk, Batman, Mulher Maravilha, Superman, Capitão América, princesas como Frozen e Emília, do Sitio do Pica Pau Amarelo, serão retratados nas perucas feitas com linhas de tricô e enfeites, material que dará vida aos personagens infantis.

O trabalho é desenvolvido por, aproximadamente, 25 internos que cumprem pena na unidade prisional e conta com a orientação de voluntários. O diretor da PSME1, Roger Santesi Firme, ressalta que a intenção é levar um pouco de alegria para as crianças que enfrentam um problema de saúde tão grave.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Nosso objetivo é doar as perucas para as crianças que, em decorrência do câncer, perderam o cabelo. É uma forma de amenizar a dor causada pela doença. A ideia dos personagens infantis vem para levar alegria e, ao mesmo tempo, dar força para o enfrentamento da doença”, ressalta Roger.

Os materiais usados para confecção das perucas são doados à unidade prisional, que espera produzir 130 peças para serem entregues ao Hospital Infantil no mês de outubro, mês em que se comemora o Dia das Crianças.

O interno Izaias de Oliveira ressalta que o projeto causa um impacto psicológico muito positivo em todos os participantes. “Quando soubemos a natureza do projeto, que é confeccionar perucas para crianças com câncer, nós abraçamos a causa como se fosse nossa, porque é uma causa muito nobre fazer o bem. Além disso, a família também passou a ver nossa mudança, a seriedade em nossa atitude e isso é muito gratificante”, pontua.

 

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.